Mostrar mensagens com a etiqueta alienígenas. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta alienígenas. Mostrar todas as mensagens

quarta-feira, 21 de julho de 2021

A Lua é uma “estação espacial”, que espia o nosso planeta

John Lear traz informações relacionadas à origem artificial de nossa Lua e à barragem de atividade extraterrestre que se estende por toda a sua superfície e no subsolo. Nesta discussão com Emery Smith, o ex-funcionário da CIA e piloto, John Lear, explica que manter o sigilo dessa atividade requer uma grande parte do orçamento do programa espacial publicamente conhecido e programas de desinformação ativos.

De acordo com especialistas nosso sistema solar é um importante centro para civilizações em toda a galáxia, e a nossa lua tornou-se uma parte integrante para alienígenas que monitorizam tudo o que acontece no nosso planeta.


Lua-oca-e-habitada
Photo//Segnidalcielo



Alienígenas administram uma base secreta, no Novo México, afirma a teoria da conspiração



A Lua é uma instalação de monitorização extraterrestre e é tudo menos natural. As raças extraterrestres escondem-se de nós, porque sabem que mais cedo ou mais tarde acabaríamos recebendo energia gratuita e haveria tecnologias que seriam prejudiciais às grandes corporações que governam o mundo.

Eles estão nos monitorizando e os Estados Unidos, Rússia, China e outras superpotências estão cientes de sua presença. Não adianta esconder".




Mas não é tudo. Lear também mencionou que no subsolo da Lua, estão áreas urbanas onde vivem raças de alienígenas cinzentos, para os quais temos inúmeros registos de que esses seres visitaram nosso planeta e continuam a fazê-lo até hoje. Nessas áreas subterrâneas segundo o ex-piloto da CIA eles têm laboratórios onde realizam experiencias genéticas.

Durante as décadas de 1980 e 1990 John Lear começou a falar revelando informações confidenciais. Aqui está uma das suas declarações recentemente divulgadas: “Em 1953 uma nave alienígena caiu e um extraterrestre que chamamos de EBE 3 foi capturado o que ajudou o governo dos Estados Unidos a construir algumas naves com tecnologia extraterrestre”.



 “Em 1962 tínhamos veículos que não podiam ultrapassar a velocidade da luz, mas rápidos o suficiente para chegar à Lua em 60 minutos e algumas horas para ir a Marte. O primeiro voo para Marte ocorreu em 1966 ”, declara Lear , “também no planeta vermelho existem cerca de 600 milhões de seres alienígenas e algumas colônias humanas”.

De acordo com Lear tudo o que sabemos sobre a lua é uma mentira inventada pelos governos com o propósito específico de esconder suas atividades e programas alienígenas. Também diz que foi escondido de nós que existem vários planetas como a Terra.


Objetos-vistos-na-lua
Photo//Segnidalcielo

 

Alienígenas administram uma base secreta, no Novo México, afirma a teoria da conspiração



Não posso provar, ou já estaria morto. Não posso mostrar uma foto da USS Enterprise lá em cima. É exatamente isso que faz sentido aprender sobre a tecnologia adquirida depois que o governo dos EUA ter injetado biliões ou triliões de dólares em todas as pesquisas de Tesla ”, diz Lear.

No entanto a afirmação mais surpreendente, é sua próxima afirmação de que a Terra é na verdade uma prisão planetária e serve como uma instituição penitenciária onde os prisioneiros deveriam atingir um nível mais alto de concisão.







Referencia//Segnidalcielo

quarta-feira, 14 de julho de 2021

Havia informações sobre seres extraterrestres e OVNIs na Biblioteca de Alexandria

Muito conhecimento desapareceu com a destruição da Biblioteca de Alexandria, especula-se até que havia dados importantes sobre nosso mundo que se perderam para sempre, entre eles, informações sobre alienígenas...

Alexandria foi uma cidade criada por Alexandre o Grande, que se destacou, entre muitas outras coisas, por hospedar um recinto no qual eram armazenadas informações de todo o mundo, informações do mais alto grau de importância.




alienigenas-nas-piramides-do-egito
Photo//History-Uol


O Pentágono investiga o que o DoD faz com as filmagens de OVNIs



Muitos historiadores, antigos e atuais, asseguram que a Biblioteca de Alexandria continha todo o conhecimento existente sobre o mundo antigo.

Depois de ter sido quase totalmente destruída no ano 48 a.C., a biblioteca continuou funcionando, mas ninguém sabe ao certo qual foi a quantidade de informação sobre o passado do nosso planeta que se perdeu.

Lembremos que a Biblioteca de Alexandria reunia todas as informações que viajantes, sábios, cientistas ou astrónomos da época adquiriam nas suas longas viagens.

Portanto, acredita-se que lá dentro havia histórias que, até hoje, permanecem um enigma. Isso pode incluir informações relacionadas a alienígenas, avistamentos de OVNIs, entre muitos outros.



Fatos sobre avistamentos alienígenas na Biblioteca de Alexandria

 

Durante décadas, quis-se fazer uma cronologia de figuras históricas que testemunharam encontros com OVNIs e seres estranhos que, claramente, não são humanos.

Fenómenos relacionados com alienígenas não são recentes. O fato de na atualidade serem muito mais frequentes deve-se ao fato de possuirmos tecnologia que nos permite detetá-los com mais facilidade.

No entanto, isso não quer dizer que episódios semelhantes não tenham ocorrido nos tempos antigos, de modo que é possível que esses encontros tenham sido registados e armazenados na Biblioteca de Alexandria.



Especialista em ONVIs afirma aproximarem-se revelações “bombásticas”



Existem muitos registos históricos em diferentes culturas que nos fazem pensar que, de fato, houve muitos encontros com OVNIs ou extraterrestres no passado, como no caso dos egípcios. Até a Bíblia fala sobre estranhos objetos voadores não identificados.

Por isso, não é de estranhar que, dentro da maior Biblioteca da Antiguidade, houvesse relatos extrema importância, de testemunhas oculares, registos, encontros e qualquer tipo de informação que confirmasse a existência de alienígenas.

Infelizmente, é improvável que tais informações tenham sobrevivido à destruição. E se sobreviveram podem ter sido ocultadas em algum sitio.

Embora Alexandria fosse o berço do conhecimento do mundo, alguns dos autores dos escritos ali armazenados, também mantinham cópias para si próprios ou para levar com eles para outro lugar.




Desta forma, diferentes fontes históricas foram obtidas onde estranhas interações são comparadas com o que, claramente, seriam naves e seres de outros mundos.

Comecemos por Plutarco, um dos mais enigmáticos historiadores da Antiguidade mas que, a maior parte de suas obras, se perdeu no tempo

A única coisa que sobreviveu até hoje são pequenos fragmentos de sua obra. Muito poucos estão completos. Mesmo assim, podemos encontrar informações relevantes, como a biografia de Lucullus. Porém, o que mais se destaca não é o político, mas um acontecimento que viveu e que foi registado por Plutarco.

A história conta que durante a Terceira Guerra Mitridática, Lucullus estava à frente de seu exército a caminho da batalha. Naquele momento, o céu "abriu", dando lugar a um OVNI.

"Um objeto que desce rapidamente, semelhante a uma chama, que tem a forma de um vaso e um metal recozido de cor brilhante."




Da mesma forma, Alexandre, o Grande, de acordo com registos históricos, presenciou vários fenómenos semelhantes que poderiam ser facilmente descritos como extraterrestres.

De acordo com a história, enquanto liderava seu exército, ele recebeu ajuda de três "grandes escudos de prata" que vieram do céu.

O mais surpreendente é como é mencionado que os OVNIs, dispararam um raio na fortaleza, destruindo-a, e permitindo a entrada das tropas de Alexandre o Grande.

Esses misteriosos "escudos" reapareceram na luta contra o exército indiano, onde foi relatado que eles voaram sobre o rio onde a guerra estava ocorrendo.

Estes são apenas alguns relatos encontrados na Biblioteca de Alexandria relacionados a alienígenas, que foram registrados e sobreviveram à passagem do tempo até hoje. No entanto, a dúvida continua: que outras informações essa fonte histórica poderia ter protegido?


Projetos secretos do Pentágono, OVNIs, buracos de minhoca e muito mais


Referencia//Ufologia Mundial

sábado, 3 de julho de 2021

A maioria dos americanos acredita em OVNIs, e diz que não os devemos temer

Um relatório há muito aguardado do Escritório do Diretor de Inteligência Nacional revelou em junho que mais de 140 incidentes de avistamentos de Fenômenos Aéreos Não Identificados (UAP) registados por pilotos da Marinha dos EUA nas últimas décadas ainda não podem ser explicados usando os meios que temos agora.

Cerca de dois terços dos americanos (65%) acreditam que existe alguma vida inteligente no universo.


ovni
Photo//Olhar Digital



Duas naves espaciais alienígenas são filmadas perto do sol



Uma pesquisa do Pew Research Center, realizada entre 14 e 24 de junho entre 10.417 adultos norte-americanos, revelou que muitos americanos tinham certeza de que não estamos sozinhos neste universo. Apenas 2% dos entrevistados se recusaram a responder, enquanto o restante permaneceu confiante de que todas essas histórias sobre avistamentos de OVNIs foram produto da imaginação ou talvez delirios.

Entretanto, 11% das pessoas que participaram da pesquisa disseram que os objetos voadores relatados anteriormente por militares eram “definitivamente” sinais de vida inteligente que existe fora da Terra.

Outros 40% disseram que era provável, enquanto 47% não acham que as imagens de orbes pairando e objetos redondos relatados pelos pilotos da Marinha dos EUA eram evidências suficientes de alienígenas.



Isso ocorre quando o Escritório do Diretor de Inteligência Nacional, concluiu em junho, um novo relatório em que afirmam, que dos 144 incidentes de UAPs detetados por pilotos da Marinha entre 2004 e 2021, apenas um objeto poderia ter sido claramente identificado como um grande balão. Outros permanecem “sem explicação”, admitiu o governo, citando a falta de dados.

O administrador da NASA e ex-astronauta Bill Nelson disse pouco depois que teve a sensação de que “claramente há algo lá”.

“Pode não ser necessariamente um extraterrestre, mas se for uma tecnologia que alguns de nossos adversários possuem, é melhor nos preocuparmos”, disse ele à CNN logo após a publicação do relatório.



No entanto, a pesquisa concluiu que a maioria dos americanos não acreditava que devíamos ter receio dos OVNIs, presumindo que eles estão aí, com suas tecnologias superiores, cuidando de nós.

A maioria dos entrevistados da pesquisa do Pew Research Center disse que os OVNIs “não são uma ameaça” para a segurança nacional dos Estados Unidos, enquanto 36% disseram que eram, embora “pequena”. Um décimo dos americanos, entretanto, concluiu que os OVNIs eram bastante ameaçadores.



74% dos entrevistados ainda argumentaram que os alienígenas não eram nem amigáveis ​​nem hostis.

Sem surpresa, os jovens americanos estão mais inclinados a acreditar na vida extraterrestre do que aqueles com 50 anos ou mais, sendo os homens  mais crentes em OVNIs do que as mulheres.



Alienígenas administram uma base secreta, no Novo México, afirma a teoria da conspiração


Referencia//SputnikNews

sábado, 26 de junho de 2021

Alienígenas administram uma base secreta, no Novo México, afirma a teoria da conspiração

A questão da existência de vida extraterrestre ganhou um novo impulso depois de o governo dos EUA divulgar um relatório sobre avistamentos de OVNIs registados por pilotos americanos nas décadas anteriores.

Após a divulgação do relatório do Diretor de Inteligência Nacional dos EUA sobre fenómenos voadores não identificados previamente detetados pelos militares, têm circulado nas redes sociais, bizarras teorias de conspiração sobre a existência da chamada Base Dulce, uma instalação subterrânea no Novo México supostamente operada por alienígenas.


Science
Photo//Pixabay//sdantegr%C3%A1fico


Documentos ultra secretos da KGB descrevem "Raças Extraterrestres" que visitaram a Terra



A teoria, apresentada pela primeira vez pelo empresário Paul Bennewitz de Albuquerque e depois reforçada por outros 'observadores' de OVNIs, sugere que a críptica instalação está sendo administrada por 'alienígenas cinzentos' (ou Greys) que têm abduzido humanos e realizado experiências extremas com eles.

De acordo com trechos do livro The Ultimate Deception, de 1990, escrito pelo Comandante X (sua identidade continua sendo debatida, mas o Daily Star afirma que o nome real do autor é Milton William Cooper), a base é o lar de híbridos humanos de várias pernas criados por alienígenas.



Existem pelo menos sete níveis diferentes em Dulce, com o Nível Seis conhecido como 'Nightmare Hall'. Este nível é usado para a maior parte da experimentação dos Greys ”, escreveu o Comandante X no livro.

A obra cita uma pessoa, que afirmou ter “trabalhado num campo de escravos sob o feitiço dos Grays”. A fonte aparentemente disse que além de um polvo “meio humano / meio polvo”, ele também testemunhou um monte de outras criaturas misteriosas na base, incluindo gigantes de 2,10 metros de altura.

"Também reptilianos e criaturas peludas que tinham mãos de humanos e choravam como bebês, e também enormes misturas de lagartos-humanos em gaiolas", a fonte fugitiva aparentemente disse ao autor.



Sem surpresa, essas alegações foram submetidas a um exame minucioso nas décadas anteriores. Essas teorias de conspiração foram levantadas mais uma vez no fórum AlienHub.com em 2009. Entusiastas de OVNIs citaram as palavras de "doente terminal" Thomas Edwin Castello, que diz que tem trabalhado como guarda de segurança na instalação, para alegar que os alienígenas lá estavam utilizando um líquido misterioso para manter a vida. A questão de saber se os alienígenas fizeram sexo tem preocupado as mentes dos entusiastas do fórum desde então.

A existência da Base Dulce nunca foi comprovada, mas a ideia encontrou apoio entre as autoridades locais para dinamizar o turismo na zona. Em 2016, a cidade de Dulce até sediou uma Conferência de OVNIs.

Mesmo assim, esta teoria da conspiração não foi mencionada no novo relatório do governo que discute 144 ocorrências de avistamentos de Fenômenos Aéreos Não Identificados, a maioria dos quais permaneceu inexplicada.



Via Láctea pode ter mais de 3.000 civilizações alienígenas


Referencia//SputnickNews



quinta-feira, 24 de junho de 2021

Os OVNIs provavelmente não foram construídos por humanos, afirmam os cientistas

Avi Loeb, professor de ciências Frank B. Baird Jr. do Departamento de Astronomia de Harvard, argumentou que, em vez de discutir possíveis cenários, os esforços provavelmente deveriam ser direcionados para a recolha de “melhores dados científicos” e esclarecimento da natureza dos UAP.

Embora o Pentágono ainda não tenha divulgado seu relatório sobre os fenómenos aéreos não identificados (UAP), Avi Loeb, afirmou que alguns desses objetos enigmáticos podem não ter a sua origem em alguma potência mundial.

 




Ovni
Photo//Youtube


Abduções alienígenas assustam cidade britânica


"Se os UAP fossem originados na China ou na Rússia e fossem um risco para a segurança nacional, a sua existência nunca teria sido revelada ao público", argumentou Loeb num artigo publicado na Scientific American. "Portanto, é razoável concluir que o governo dos Estados Unidos acredita que alguns desses objetos não são de origem humana."

O estudioso postulou que isso deixa duas possibilidades: os UAP podem ser algum tipo de fenômeno natural do nosso planeta ou podem ser de "origem extraterrestre".



Loeb também mencionou a possibilidade do objeto interestelar conhecido como Oumuamua ser um "objeto artificial em uma missão direcionada ao sol, com o objetivo de coletar dados da região habitável perto da Terra", possivelmente até mesmo para recuperar informações de " sondas que já colocadas perto da Terra anteriormente. "

"Mas, em vez de simplesmente nos questionarmos sobre os cenários possíveis, devemos conseguir melhores dados científicos e esclarecer a natureza dos UAP", afirmou Loeb. "Isso pode ser feito com a implantação de câmaras de última geração nos telescópios de grande alcance que monitorizam o céu."

Ele ainda insistiu que o céu, ao contrário dos "sensores de propriedade do governo", não é classificado e que "ao procurar fenómenos invulgares nas mesmas localizações geográficas de onde vieram os relatórios dos UAP, os cientistas poderiam esclarecer o mistério fazendo uma análise transparente de dados abertos. ”



 

Anteriormente, Loeb já tinha pedido para aumentar os esforços de busca por civilizações alienígenas no espaço, argumentando que “as possibilidades são de que encontrarmos tecnologia alienígena, em outras palavras, equipamentos, muito antes de encontrarmos criaturas de outros mundos”.


O contato com extraterrestres pode ser catastrófico para vida na Terra



Referencia//SputnikNews

terça-feira, 15 de junho de 2021

Abduções alienígenas assustam cidade britânica

De acordo com os órgãos de informação locais, o condado de Sedgley registou o aumento dos avistamentos de OVNIs entre 2015 e 2017. A polícia local recebeu quase 21 mil relatos de objetos misteriosos vistos no céu neste período.

Uma placa misteriosa na pequena cidade inglesa de Sedgley, no condado de Staffordshire, em West Midlands, no Reino Unido, relata abduções e culpa autoridades locais por não defenderem seus residentes contra os alienígenas.



Abdução
Photo//Momemtum Saga


Físico propõe uma explicação para o facto nunca vermos alienígenas


Segundo o Daily Star, a polícia local recebeu quase 21 mil relatos de avistamentos de OVNIs apenas entre 2015 e 2017. Mas atualmente, o que chama a atenção na cidade é uma grande placa que acusa as autoridades locais de inércia diante da situação.

Num post no Twitter, os moradores debatem a situação e reclamam da falta de reportagens sobre as abduções na região. Ao que parece, ninguém sabe quem escreveu a placa e a colocou numa zona arborizada da cidade.



Está escrito na placa; "Três abduções alienígenas numa semana. Quando vão fazer algo?".

Aa autoridades vão ficar de braços cruzados. Por que a informação local não está reportando isso? E quem escreveu aquela placa?

Um oficial local rejeitou as alegações de pessoas sendo sequestradas por alienígenas, mas afirmou que "há algo definitivamente acontecendo com a atividade OVNI" no condado.

Como mencionado nos últimos anos, tem havido numerosos relatos de avistamentos de OVNIs em West Midlands. Foi até criado um site na Internet para que a população pudesse registar áreas onde aparecia a suposta atividade extraterrestre.



Sedgley,
Photo//Twitter


Casos de OVNIS, ainda não explicados, no Brasil



Um desses relatos, escrito por uma mulher chamada Lisa, fala de um objeto misterioso, que parecia um "avião em chamas".

"Ele se moveu rápido demais para ser um avião. moramos perto das rotas de aviões, então estamos acostumados a ve-los. Eu o observei por provavelmente apenas alguns segundos e vi enquanto ele viajava pelo céu, não ia para baixo,  foi reduzindo o tamanho e depois desapareceu", relatou a mulher.



O caso mais famoso de um OVNI em West Midlands foi revelado em 2007. Naquela época, os residentes de Dudley, uma grande cidade industrializada 16 quilómetros a noroeste de Birmingham, viram o que os jornais apelidaram de "Dudley Dorito", um OVNI triangular, que parecia com o famoso salgadinho. Os média alegaram que o objeto misterioso alienígena teria sido avistado várias vezes naquele ano e também em 2010 e 2012.

A conselheira Karen Shakespeare, membro do gabinete para a esfera pública, disse: “Fomos informados sobre a placa que será removida.


Administrador da NASA foi suspenso após anunciar invasão Alienígena, antes de 2025


Referencia//DailyStar