Mostrar mensagens com a etiqueta Putin.Guerra espaçial. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Putin.Guerra espaçial. Mostrar todas as mensagens

segunda-feira, 28 de junho de 2021

Submarino “Belgorod”, equipado com armas capazes de provocar tsunamis", já navega

O novo submarino russo, equipado com drones nucleares capazes de derrubar um porta-aviões e causar tsunamis navegou pela primeira vez. Acredita-se que o “Belgorod” é o maior submarino construído nos últimos 30 anos

O enorme navio, capaz de afundar porta-aviões e apelidado de 'assassino da cidade', navegou em águas abertas pela primeira vez.



Submarino-Belgorod
Photo//Oleg Kuleshov / TASS


Presidente Putin declara "Os Anunnaki são mais perigosos que Niribu"


Foi lançado ao mar nesta semana, enquanto a Rússia flexionava seus músculos navais, após o incidente com o contratorpedeiro britânico “HMS Defender” no Mar Negro.

Tiros de advertência e bombas foram lançados perto do navio da Marinha Real depois que a Rússia alegou que ele estava nas suas águas territoriais.

Especialistas temem que os torpedos de 22 metros, batizados de Poseidon, possam ser detonados debaixo de água para causar um tsunami radioativo.



O impacto devastador ameaçaria as cidades costeiras com ondas de até 90 metros de altura.

A enorme embarcação é supostamente operada em nome da secreta Diretoria Principal de Pesquisas Submarinas da Rússia, e é considerado fundamental para a operação de recolha de inteligência do país.

Relatórios também afirmam que o submarino está equipado com seis torpedos com armas nucleares, cada um capaz de transportar ogivas com um poder explosivo de dois megatons.

É equivalente a dois milhões de toneladas de TNT, ou 130 vezes mais poderoso do que a bomba de Hiroshima.

O Dr. Sidharth Kaushal, do Royal United Services Institute, disse que a frota de UUVs pode ser valiosa para o presidente Putin.

Ele afirmou no Mail Online: "O “Belgorod” é grande o suficiente para atuar como um navio-mãe para um conjunto único de embarcações menores que têm capacidades de mergulho profundo e a capacidade de adulterar a infraestrutura submarina”.



Está bem equipado para sabotagem e operações clandestinas. Seus torpedos nucleares Poseidon também poderiam ser um meio muito eficaz de atacar um porta-aviões em tempo de guerra, um contra o qual atualmente não existe defesa”.

O “Belgorod” não fará parte da Marinha Russa, o que significa que suas ações secretas e agressivas serão efetivamente negadas”.

"O submarino parece preparado para uma guerra não atribuível das Forças Especiais, com seus comandantes respondendo diretamente à liderança [política] e contornando a estrutura de comando naval russa."



O problema ocorre depois que o HMS Destroyer ter recebido "tiros de alerta" por navios da marinha russa na quarta-feira.

As cenas dramáticas viram relatos de bombas perto do navio como um aviso quando ele passou por águas disputadas.

Sergei Ryabkob, vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, advertiu que o país defenderá suas fronteiras usando "todos os meios possíveis".


O que as maiores mentes do mundo pensam sobre energia nuclear



Referencia//Daily Star

quarta-feira, 23 de junho de 2021

Presidente Putin declara "Os Anunnaki são mais perigosos que Niribu"

Vladimir Putin disse na segunda-feira ao Gabinete Federal de Ministros da Rússia que os Anunnaki são uma ameaça maior para a Federação Russa do que o planeta Nibiru, de acordo com Dimitri Osmosovich, agente do Federal Service Bureau (FSB).

Putin fez o anúncio chocante após uma avaliação abrangente de ameaças conduzida pelo Ministério da Defesa, GRU, FSB e Foreign Intelligence Services, agências que monitorizam continuamente os perigos existenciais para a Rússia, seus líderes e sua população.


Putin
Photo//segnidalcielo


Os Anunnaki podem ter sido a origem da raça humana, afirmam os teóricos



Em setembro, Putin pediu às agências que determinassem quais as ameaças que exigiam mais atenção, com base em critérios não publicados que ele e as agências de inteligência desejam manter em segredo.

Segundo essas agências, as ameaças seriam, em primeiro lugar os Anunnaki,depois o planeta Nibiru, Israel e por fim a guerra com os Estados Unidos. A maioria dos ministros concordou que os Anunnaki, com quem Putin se “envolveu numa guerra clandestina e mortal de seis anos”, ameaçaram escravizar ou assassinar não apenas a Rússia, mas também o mundo inteiro.

Em resposta à avaliação, Putin ordenou que os ministros da Federação disponibilizassem imediatamente todo e qualquer recurso necessário para derrotar o flagelo dos Anunnaki. Já desde 2013, que Putin alocou vários triliões de rublos, secretamente, para o desenvolvimento de armas inovadoras para combater os extraterrestres.



Ele gastou uma quantia não revelada em dinheiro numa rede de informações que rastreia as incursões de Anunnaki no Hemisfério Oriental. Além disso, ele planeia lançar uma grande campanha ofensiva num enclave de Anunnaki na província de Idlib, na Síria, uma operação que provavelmente serie a falência de um país menor.

Aparentemente, Putin convenceu-se de que derrotar os Anunnaki será a conquista máxima de sua carreira política.

Putin disse-lhes que mais dinheiro será gasto em derrotar os Anunnaki, e menos dinheiro será gasto noutras preocupações, como a guerra com os EUA. Ele disse que ninguém e nada vão parar sua guerra contra esses invasores intrometidos, nem o Papa, nem Trump, nem Israel. O presidente Putin investiu sua reputação em atacar esses monstros, e agora que a guerra começou, só pode terminar de uma de duas maneiras, ou vencemos nós ou eles vencem. E o presidente Putin não gosta de perder ”, disse Osmosovich.


Orbita-de-niribu
Photo//segnidalcielo


Estarão as estruturas encontradas na Africa relacionadas aos Anunnaki?

 

Enquanto a maioria dos ministros concordava com a decisão de Putin, Yevgeny Zinichev, Ministro de Operações de Emergência, teve uma opinião divergente. Ele disse que a Rússia deve empregar todos os seus esforços para preparar populações civis e militares para um cataclismo iminente de Nibiru, um evento que os astrofísicos da Roscosmos, o equivalente russo da NASA, havia previsto para o final de 2020 ou o início de 2021.

Putin respondeu com uma observação surpreendente.

Ele disse que adquiriu novas evidências que provam conclusivamente que Nibiru não colocará em risco a civilização nos próximos anos. Sem qualificar sua afirmação, ele disse que Nibiru está numa "órbita paralisada" ao redor do sol e, portanto, não alcançará o perigeu em datas previamente projetadas.

Considerando que os Anunnaki, disse Putin, representam um grave risco que deve ser combatido com uma resposta mortal. Ele insistiu que os Anunnaki tinham-se infiltrado em vários governos terrestres. Israel, Canadá, China, Itália, Austrália e Índia, mas não acusaram os EUA de colaborar com alienígenas.






Sabemos que, durante os anos de Obama, muitos Anunnaki estavam na Casa Branca. Mas talvez, de alguma forma, Trump tenha descoberto e os expurgado. Nós não sabemos. Não temos nenhuma prova atual da infestação de Anunnaki na Casa Branca. Mas eles estão em qualquer outro lugar, e Putin está determinado a erradicar a ameaça. Ele não se esqueceu de Nibiru. Está sempre em sua mente. Todos os sinais ainda apontam para uma divulgação mundial, mas os Anunnaki são o que o mantêm acordado à noite ”, disse Osmosovich.


A humanidade está condenada, afirmam os cientistas



Referencia//Segnidalcielo