Mostrar mensagens com a etiqueta Fim do Mundo. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Fim do Mundo. Mostrar todas as mensagens

quinta-feira, 18 de novembro de 2021

Fim dos Tempos? "Um Pequeno Guia Para o Fim do Mundo"

Qual poderia ser a causa da destruição do Mundo? Essa pergunta foi feita por diferentes pessoas ao longo da história, mas um cientista com base em seus cálculos revelou as 8 formas mais prováveis.

Bryan Walsh um jornalista científico fez uma série de cálculos tirando informações de simulações e investigando as diferentes causas da destruição da humanidade ao longo dos anos.

Finalmente chegou à conclusão de seu trabalho as causas mais prováveis são 8 no total e publicou-as no seu livro «Fim dos tempos: um breve guia para o fim do mundo».

 

Fim-dos-tempos
Photo//Pixabay


Criador da Teoria de Gaia adverte que a terra pode se erguer e destruir a humanidade


Biotecnologia

A ameaça mais provável e preocupante do mundo. O extremismo científico continuará a aumentar e a experimentação de doenças pode gerar um "supervírus" incapaz de ser combatido com a medicina atual. Implementar a engenharia genética nas doenças pode salvar ou destruí-la. E ambas as opções são igualmente prováveis de acordo com Walsh. Exemplo disso é o ISIS, que nos últimos anos, como já é do conhecimento geral, tentou criar uma arma contra a varíola. Armas biológicas desse tipo podem significar o fim da humanidade.


 

Inteligência Artificial

Mais uma vez partindo do avanço tecnológico encontramos outra ameaça a Inteligência Artificial. O progresso nesta área atingiu limites insuspeitados durante a última década, satisfazendo a procura de clientes poderosos, facilitando e automatizando os processos de produção em massa. A ameaça é iminente pois os computadores começam a aprender substituindo cada vez mais os humanos em tarefas que por enquanto são simples. Se a isso, a capacidade de armazenamento desses computadores for aumentada……

O quanto essas máquinas serão capazes de aprender? Em que ponto elas perceberiam que são autossuficientes e que nossa presença se tornou um perigo porque somos os únicos que podem detê-las?

 


Tecnologias poderosas, como no Elysium, o que poderá estar nos acontecendo?



Guerra Nuclear

Uma guerra nuclear é talvez a mais conhecida. O arsenal que se criou na Segunda Guerra Mundial e que continua a crescer até hoje e não só nas potências é bastante preocupante.

A tensão entre países como Estados Unidos, Rússia, China, Israel, Irão ou Coreia do Norte, todos com armas nucleares, é uma grande preocupação e talvez a mais palpável no momento.

 


Super vulcões

Muito poucas pessoas prestam atenção a isso mas a natureza é possivelmente nossa maior ameaça. Os supe rvulcões existem desde sempre e de acordo com Walsh, há uma boa possibilidade de que um ou vários nos exterminem. Eles são literalmente uma bomba-relógio que pode ser ativada a qualquer momento. Em Wyoming por exemplo existe o super vulcão Yellowstone mais famoso do planeta que está ativo, entrou em erupção três vezes nos últimos 2,1 milhões de anos.

Se explodisse agora se transformaria num inferno de lava, cinzas e gases tóxicos com cerca de 45 quilómetros de diâmetro. O terreno que destruiu há  640.000 anos atrás. Mas sua lava não é a única preocupação. Um super vulcão poderia causar terremotos que destruiriam cidades inteiras a emissão de gases tóxicos eliminaria ecossistemas inteiros, incluindo nós. E isso seria apenas um.

 



Invasão Alienígena

Nesse ponto Walsh separa as ameaças "Reais" das "Prováveis" garantindo que embora ainda não haja indícios de que possam acontecer ainda são uma causa provável da destruição do Mundo.

Com o número de galáxias, planetas, estrelas e formações rochosas que existem no universo a probabilidade de que outra civilização inteligente não se tenha desenvolvido é muito baixa.

Portanto essa possibilidade também leva a pensar que existe uma raça superior aos humanos, capaz de destruir o Mundo, assim como as nações que conquistaram outras no passado.

 


Ameaca-asteroide
Photo//Pixabay


Especialista alerta que os seres humanos começarão a ser kackeados



Asteroides

De acordo com a NASA, Walsh menciona que as hipóteses de um asteroide colidir com a Terra não são assim tão baixas como pensamos mas também não levaria à extinção ... pelo menos não ao impacto. Por exemplo com os dinossauros o que causou sua extinção não foi o impacto, mas o que aconteceu depois disso. Grandes quantidades de enxofre que saíram da Terra e subiram para a atmosfera, refletindo o Sol e fazendo com que sua luz não atingisse o planeta como de costume isso não apenas mudou todo o clima do planeta, mas também mudou os recursos alimentares.

 



Mudança Climática

A mudança climática é uma questão um tanto sensível hoje. Há pessoas que levam muito a sério outras apenas se lembram disso. Embora seja uma ameaça que pode mudar muitas coisas no mundo Walsh acredita que ao contrário da biotecnologia as mudanças climáticas não vão causar mudanças catastróficas no planeta. O cientista garante que o ser humano como espécie se preocupa em estar um passo à frente dos desastres gerados por si.

 



Doença Infeciosa

As possibilidades de uma infeção mortal causar a destruição do Mundo, são baixas. Trabalhando em Hong Kong em 2003, Walsh diz que testemunhou a Síndrome Respiratória Aguda Grave uma doença mortal e desconhecida aparecer do nada. Mas como aconteceu ao longo da história humana isso parecia ter uma espécie de limite de tempo.

 

Portanto não são apenas os teóricos da conspiração os únicos a falar sobre a destruição do planeta e o fim da humanidade. A comunidade científica também e muito mais prevalente do que todos acreditam.

O que você acha disto?

 Estamos à beira do colapso como civilização?

Assista os vídeos a seguir e deixe seu comentário


Está se confirmando a previsão do MIT sobre o colapso da civilização










Referencia//Ufospain

segunda-feira, 18 de outubro de 2021

Está se confirmando a previsão do MIT sobre o colapso da civilização

Em 1972, uma equipe de cientistas do MIT publicou um estudo prevendo o fim do que é conhecido como “civilização industrial” no século 21, e essas mudanças agora parecem estar totalmente em sintonia com a realidade.

Atualmente, outros investigadores ainda estão tentando estabelecer preditivos para ajudar os detentores de poder a tomar decisões que, de alguma forma, determinarão o futuro da humanidade.


Fim-da-humanidade
Photo//Pixabay


Doença infeciosa causada por um novo nairovírus identificada no Japão



Embora o estudo tenha sido criticado na época, uma nova pesquisa mostra que essas mudanças foram consideradas precisas até agora.



Um novo estudo publicado no Yale Journal of Industrial Ecology e conduzido por Gaya Herrington, chefe de sustentabilidade da KPMG, analisou como a situação evoluiu desde o relatório inicial de 1972 e imaginou que poderíamos de fato testemunhar o colapso da civilização (como a conhecemos) já em 2040



Mas isso só acontecerá se continuarmos com nossa abordagem atual de extração e super exploração de recursos, o que obrigou que há esperança, embora seja difícil de acreditar.

É de salientar que este estudo foi realizado de forma independente, e exclui a empresa KPMG, como parte da dissertação de mestrado de Gaya Herrington em Harvard.

Herrington comparou as projeções da equipe do MIT com dados reais e tangíveis sobre o desenvolvimento económico e a extração de recursos, para determinar onde chegaremos nesse cenário inadequado.



Foram estudados dados sobre dez variáveis ​​chave, nomeadamente população, taxas de fertilidade, taxas de mortalidade, produção industrial, tecnologia, produção alimentar, serviços, recursos não renováveis, poluição persistente, bem-estar humano e pegada ecológica.

Herrington concluiu assim que os dados mais recentes correspondem melhor a dois cenários particulares, nomeadamente o cenário “BAU2” (business-as-usual) e “CT” (tecnologia abrangente). Portanto, tudo parece indicar que os melhores dados disponíveis sugerem que o que decidirmos nos próximos dez anos determinará o destino, a longo prazo, da nossa civilização.



Em particular, Herrington apontou para o “rápido aumento” das prioridades ambientais, sociais e governamentais, o que dá margem a otimismo e reflete a mudança de mentalidade que está ocorrendo nos governos e nas empresas.

Segundo ela, pode não ser tarde para criar uma civilização legítima sustentável e justa para todos, embora seja cada vez mais difícil acreditar nela.



Quais são as profecias de Nostradamus para 2022?




Referencia//Trust My Science

quinta-feira, 23 de setembro de 2021

Será que, o que está acontecendo é a profecia Hopi da Estrela Azul Kachina?

"Quando a Estrela Azul Kachina aparecer o Quinto Mundo surgirá." Essa profecia Hopi juntamente com a menção de 9 símbolos é a manifestação de que um evento mudará o Mundo para sempre.

Estará acontecendo agora?

Os antigos habitantes tinham uma forte ligação com o mundo espiritual, completamente desconhecido para nós. A existência de lendas e profecias derivam disso.

Um desses povos é sem dúvida os “Hopi” também conhecido como "O Povo Pacífico". Esta tribo que habita o nordeste do Arizona é descendente dos Anasazi e como tal, também têm um forte vínculo com os astecas. Ao contrário de outras civilizações, esta tribo acreditava que seus ancestrais e criadores vieram do interior da Terra e não do céu.


Estrela-azul-kachina
Photo//Ufospain


A humanidade está condenada, afirmam os cientistas


A lenda fala do "Povo das Formigas" ou "Povo das Estrelas" que vieram do céu e habitam o coração da Terra. A arte antiga mostra criaturas humanoides muito semelhantes aos Greys. Esses seres tinham um conhecimento único do cosmos e voltariam nos tempos atuais, tal como fizeram no passado.

A mitologia Hopi é baseada em ciclos sucessivos separados por eventos catastróficos. De acordo com essas lendas no momento em que a Estrela Azul Kachina e o Povo das Estrelas deixarem o coração da Terra, começa a destruição do mundo.

 



"Primeiro a Blue Kachina começava a ser vista e aparecia às crianças. Este evento dir-nos-ia que o fim dos tempos está muito próximo. Então a Estrela Azul Kachina apareceria no céu o que significaria que estaríamos no fim dos tempos”.

 “Quando o Primeiro Mundo foi destruído as pessoas voltaram do mundo exterior para viver como formigas para a continuação do Segundo Mundo. O Terceiro Mundo fala de uma civilização avançada com "escudos voadores" e guerras entre cidades distantes destruídas por enchentes terríveis narrativas muito semelhantes às encontradas na mitologia babilônica."


Estrela-azul-kachina-1
Photo//Ufospain


O que aconteceria á humanidade depois de uma guerra nuclear



Atualmente, a tribo Hopi é a guardiã do Quarto Mundo em troca do benefício de viver na Terra.

Eles acreditam que o Quinto Mundo ainda está por vir e começará quando os "membros do Clã do Fogo" regressarem.

A chegada do Quinto Mundo virá após a destruição do Quarto Mundo.

A chegada do Quinto Mundo



"Nos últimos dias vamos vasculhar os céus e veremos o regresso dos dois irmãos que ajudaram a criar este mundo no momento do nascimento.

Poganghoya é o guardião di Polo Norte e seu irmão Palongawhoya é o guardião do Polo Sul. Nos últimos dias a Estrela Azul Kachina virá ficar com seus sobrinhos e eles devolverão á Terra, a sua rotação natural que é no sentido anti-horário.

 Não muito longe dos gêmeos virá o Purificador, a Kachina Vermelha que trará o Dia da Purificação. Neste dia a Terra, suas criaturas e toda a vida como a conhecemos mudarão para sempre."



Os Hopi afirmam que existem 4 tábuas de pedra da criação. Nos tempos antigos estes eram dados por Massau o guardião do submundo que pediu para ficar com as tabuinhas até que os sinais do fim do Quarto Mundo fossem cumpridos.

Quando estes apareceram a tribo revelou as tabuinhas ao Mundo e explicou sobre a purificação da Terra.

Os 9 sinais de destruição foram descritos em 1958 pelo ancião Hopi chamado «Pai Branco.



Segundo a profecia existem sinais que indicam o fim do Quarto Mundo

Primeiro Sinal : Somos informados da chegada de homens de pele branca como Pahana mas que não viviam como Pahana, homens que tomaram terras que não eram deles, e homens que golpearam seus inimigos com trovões.

Segundo Sinal : Nossas terras verão a chegada de rodas giratórias cheias de vozes. Na sua juventude meu pai viu essa profecia se realizar com seus olhos.

 Terceiro sinal : Uma besta estranha como um búfalo mas com grandes e longos chifres, invadirá a terra em grande número.

Quarto Sinal : A terra será trespassada por serpentes de ferro.

Quinto Sinal : A terra será cortada por uma teia de aranha gigante.

Sexto Sinal : A terra será cruzada com rios de pedra que fazem imagens do sol.

 Sétimo Sinal : O mar fica preto e muitos seres vivos morrem por causa disso.

Oitavo Sinal : Veremos muitos jovens que usam cabelos tão compridos como o meu povo, juntar-se às nações tribais para aprender seus caminhos e sabedoria.

Nono Sinal : Ouviremos falar de uma morada no céu na Terra que cairá com grande estrondo. Ele aparecerá como uma estrela azul. Logo depois disso tudo cessará.

 Alguns teóricos acreditam que os primeiros 8 sinais da profecia já foram cumpridos. Isso poderia ser uma interpretação errônea ou é realmente uma profecia que está para ser cumprida?





 

Dez ameaças á sobrevivência da humanidade



Deixe a sua opinião.



Referencia//UfoSpain

quarta-feira, 25 de agosto de 2021

Estará a Terra sendo transformada por seres não humanos?

Algo está a acontecer no planeta Terra que simplesmente não fazem sentido, se olharmos da perspetiva de um ser humano comum.

Por exemplo, o montante da dívida financeira acumulada em todo o Mundo. Estamos falando de triliões e triliões de dólares. Parece totalmente inacreditável que os seres humanos devam tanto dinheiro a outros seres humanos. Os números realmente fazem mais sentido se considerarmos que nossos credores podem ser entidades fora do planeta.



Fim-do-mundo
Photo//Pixabay//urikyo33-


Especialistas em OVNIs alertam para uma invasão alienígena falsa


Vejamos também, por exemplo, a destruição generalizada do planeta.

 O projeto de areias betuminosas Athabasca em Alberta, Canadá, é um empreendimento de terra arrasada tão grande que pode ser comparado às Grandes Pirâmides de Gizé e à Grande Muralha da China.

A remoção do topo da montanha nos Apalaches, o fim da Amazônia, tanta insensibilidade sobre Fukushima ... nada disso faz sentido.

Mas expandir-mos o num erro de possibilidades, ao tentar compreender tudo isso, faz mais sentido que as forças motrizes por trás dessa destruição indiscriminada do planeta não sejam daqui. Aqueles que pressionam por tudo isso não dependem desses ecossistemas para viver.



Talvez a nossa terra esteja sendo usada por entidades fora do planeta para o que eles necessitam, e o planeta esteja sendo ativamente TERRAFORMADO para maximizar a eficiência da extração de recursos.

Terraformar é "o processo hipotético de modificar deliberadamente a atmosfera, a temperatura, a topografia da superfície ou a ecologia [de um planeta] para ser semelhante ao ambiente da Terra para torná-la habitável por vida semelhante à da Terra".

Eles usam o termo hipotético porque, pelo que sabemos, isso nunca foi feito, no entanto uma visão holística dos eventos atuais na Terra ajusta-se à descrição da terraformação, mas ao contrário. A Terra está sendo terraformada para se parecer com algum outro lugar.



A escritora V. Susan Ferguson questiona-se se uma raça extraterrestre já está aqui, com milhões de indivíduos, e se o planeta está sendo alterado para ser mais favorável às suas necessidades particulares.

 Eles estão terraformando nossa Terra para torná-la adequada para os híbridos que agora podem ser milhões. Um planeta que lentamente, foi alterado quimicamente, tornando-se fisicamente mais denso, mais quente, mais seco e um pouco mais radioativo e rico em metano”.

“A loucura de construir centrais nucleares perto da costa, como em Fukushima, mostra uma intenção de aumentar a radiação. O derretimento do Ártico, da Groenlândia e da Antártida está causando a libertação de grandes quantidades de metano. Os híbridos são imunes a grandes quantidades de radiação e metano”.

É esta a hipótese que se encaixa com mais precisão num mundo onde a geoengenharia é amplamente evidente e é cada vez mais frequentemente descrita pelas notícias como necessária para adaptação às mudanças climáticas.


Os bilionários estão se preparando para fugir da Terra



Desconhecido para a maioria das pessoas, ficou claro que, por volta de 2025, os governos haviam de fato projetado a geoengenharia, na atmosfera da Terra e nos oceanos e na grade eletromagnética do planeta para facilitar o uso de tecnologia escalar e sônica de maneira prejudicial e em alguns casos prejudiciais globalmente.” “”Colapso da linha do tempo e ascensão universal””, EM Nicolay e HL Jang

 

Esses projetos são colossais e envolvem uma cooperação complexa entre a indústria e o governo. Com relação ao montante de investimento necessário para financiar projetos como esses, Timothy Good, no seu livro “Terra uma empresa alienígena” : a verdade chocante por trás do maior encobrimento da história da humanidade, cita William J. Pawlec, ex-especialista em computação e programação da Força Aérea dos Estados Unidos:

 

O que me preocupa é quando esses projetos vão alem do imaginável, pessoas com segundas intenções assumiram o controlo deles e / ou o financiamento deles e / ou a capacidade do que é realmente assustador de preencher seus próprios cheques ilimitados sem olhar para ninguém”.

Enquanto isso a ddestruição do meio ambiente apenas acelera e ao mesmo tempo parece que a natureza está de alguma forma sendo transformada em arma para que tanto o clima quanto o campo eletromagnético da Terra possam ser utilizados para fins geopolíticos.



Em relação ao uso de tecnologia para remodelar o ambiente eletromagnético da Terra, Ferguson refere-se a Nicolay:

Nicolay diz que talvez o uso mais destrutivo dessas tecnologias que 'transformaram' nossa atmosfera seja o uso da própria Terra “como um meio para transmitir ondas de energia eletromagnética que poderiam ser silenciosamente usadas para propósitos enormemente destrutivos em qualquer lugar do mundo.”

A consciência do potencial para intimidar os países em acordos relativos ao comércio e instalações militares pode ser considerada quando lemos sobre furacões sem precedentes, tsunamis, inundações, secas e incêndios colossais.


Juristas avaliam as leis futuras para lidar com a ascensão dos Sexbots


Eles atribuem essas ocorrências ao aquecimento global o que justifica mais geoengenharia. O nosso planeta está morrendo.

Nicolay: “Em meados de 2010 quase nenhuma região da Terra estava livre da atmosfera recém-ionizada e metalizada, ou em virtude da precipitação de partículas a ionização do sistema de grade eletromagnética do planeta”.

A própria Terra e sua atmosfera eram e são agora o meio ideal para a transferência de vastas ondas de energia escalar que poderiam ser usadas para controlar padrões climáticos, controlar fenômenos naturais ou direcionados e entregues com precisão quase exata e resultados devastadores. ”








Há algo em que pensar aqui. Podemos ignorar esses problemas o quanto quisermos mas eles não vão desaparecer mas continuarão a exacerbar o estresse ambiental e social.

O nosso entendimento popular atual de como o mundo é administrado, não tem uma explicação para esses crimes hediondos contra a mãe natureza dos quais somos as últimas vítimas.

Poderia haver algum tipo de civilização extraterrestre ou separatista fazendo seu caminho com este planeta para algum fim que não sabemos?


Alerta Vermelho, para a vida no nosso planeta


Referencia//Anomalien