quinta-feira, 12 de maio de 2022

Lago Salantina, um lago onde a gravidade não existe

Existem muitos lugares incríveis na Terra, cujos segredos não foram desvendados pelo homem. Os processos anormais que ocorrem ali não são recetivos às leis da lógica e da física.

Há uma zona anômala na Argentina, o Lago Salantina, onde a gravidade simplesmente desliga de vez em quando, relata a sciencedevices. Infelizmente, esse fenômeno é raro e caótico. Quando a força da gravidade é “desligada”, as pessoas são lançadas ao ar por vários metros, independentemente de onde estivessem naquele momento – na água ou na praia.




Lago-Salantina
Photo//Anomalien


Documentos sugerem que mentiram-nos sobre a LUA



Apanhados por uma força desconhecida, as pessoas voam acima do solo a uma altura de até 3 metros. Se eles não se moverem, eles podem aguentar por cerca de 30 a 40 minutos. Ao menor movimento, a ausência de peso desaparece. Os cientistas ainda não conseguiram encontrar uma explicação lógica para esse fenômeno.

A atividade da zona anômala desafia qualquer lógica. A duração desse fenômeno anômalo varia de alguns segundos a meia hora. Às vezes, para esperar a “desconexão da gravidade”, as pessoas esperam várias semanas na praia. Às vezes, a gravidade para de funcionar várias vezes ao dia.

Ainda não há estudos oficiais sobre o lago, e os cientistas não podem dar uma resposta exata para a questão de por que ocorre a perda de gravidade.

Um dos poucos investigadores, o físico Carlos Penas, monitoriza constantemente a zona de anomalias gravitacionais e afirma que os aparelhos funcionam sempre sem falhas. Nada pressagia uma “desconexão” da força física.

 



Alguns aventureiros realizam experiencias no lago de forma independente. Aqueles que conseguiram se livrar da gravidade argumentam que é muito assustador e parece nadar debaixo de água. Ao mesmo tempo, a gravidade “liga” também é muito suave, de modo que os pousos são bem-sucedidos.

Desde 1997, moradores locais e turistas notaram o aparecimento de objetos voadores arredondados no lago e nas proximidades. Como regra, eles brilhavam em amarelo brilhante e voavam debaixo de água ou, ao contrário, escondiam-se nela. Há muitas fotos desses OVNIs em revistas e meios de comunicação argentinos.




Ovni-saindo-da-agua
Photo//Anomalien


No centro da Terra há um buraco negro que fornece energia a naves extraterrestres


Será que esses dois fenômenos estão relacionados”

Alguns investigadores relacionam diretamente a aparência do fenômeno da falta de peso com a atividade de criaturas desconhecidas no fundo do lago. Concordo, quando há uma mudança espontânea na gravidade, as pessoas, involuntariamente, começam a acreditar em versões fantásticas.

Carlos Penas partilhou os seus sentimentos em vários casos de ausência de peso: “A primeira vez fiquei com medo e não percebi nada. Fui erguido um metro e meio acima da água e comecei a acenar com os braços e a gritar. O impacto acabou rapidamente.”

 

Na segunda vez, testemunhei como um homem e uma garota tomando banho no lago foram erguidos no ar. Depois disso, comecei a passar muito tempo observando o lago. Ao longo de 20 anos, coletei mais de 100 evidências de visitas a Salantina por objetos voadores e flutuantes não identificado. Não importa o quanto eu me comunique com os físicos, ninguém poderia dar uma explicação clara. Portanto, é preciso recorrer ao reino das hipóteses, que muitos consideram não científicas. Consegui ver OVNIs repetidamente e pessoas levitando com meus próprios olhos. Além disso, eu mesma senti. Como descrever a sensação? Parece que estamos na água, mas estamos no ar e podemos respirar. O principal é não se mover, caso contrário oo efeito acaba.”

O que dizer? Este fenômeno tem sido estudado por cientistas académicos há vários anos, mas até agora não foi possível explicá-lo. Quem sabe o que pode causar levitação local sobre o lago?



Sem comentários:

Enviar um comentário