quarta-feira, 2 de março de 2022

Hackers afirmam ter assumido o controlo de satélites russos

Um grupo afiliado ao grupo de hackers Anonymous afirmou no Twitter, na passada terça-feira, que havia “fechado o centro de controlo” da Roscomos, o que significava que o país “não tinha mais controlo sobre seus próprios satélites espiões”.

Dmitry Rogozin, o chefe da agência espacial russa, negou relatos recentes de que hackers já haviam assumido o controlo dos satélites do país.



Hackers afirmam ter assumido o controlo de satélites russos
Photo//Anadolu Agency

O que aconteceria á humanidade depois de uma guerra nuclear


De acordo com Rogozin, porém, isso é um absurdo total.

As informações desses golpistas e vigaristas mesquinhos não são verdadeiras”, disse ele, citado pelo serviço de notícias russo Interfax . “Todos os nossos centros de controlo de atividades espaciais estão operando normalmente.”


Mas como costuma fazer, Rogozin aproveitou para ameaçar os adversários da Rússia.

Desativar os satélites de qualquer país é, na verdade, um casus belli, uma causa de guerra”, acrescentou, segundo a Reuters .

A suposta invasão ocorre no momento em que o caos toma conta da Ucrânia, com as forças russas deixando cidades em ruínas usando explosivos poderosos.



Esse tipo de agressão não está bem com a comunidade espacial internacional. Tanto a NASA quanto a Agência Espacial Europeia se distanciaram ativamente dos esforços espaciais da Rússia, e Rogozin, em particular, tem uma maneira de pintar um alvo nas costas.

Aumentando o drama, Rogozin entrou na controvérsia em torno da empresa de satélites OneWeb, que ainda planeja lançar 36 de seus satélites, parte de um esforço maior para construir uma rede de internet baseada em satélite, a partir do cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, que é administrado pela Roscosmos.

Mas Rogozin diz que quer uma garantia de que os satélites não serão usados ​​contra a Rússia e diz que está pronto para encerrar a missão se a OneWeb não fornecer essa garantia.


Aumenta a preocupação com a Terceira Guerra Mundial




Fonte

Sem comentários:

Enviar um comentário