terça-feira, 8 de fevereiro de 2022

Novo iate, movido a hidrogênio, pode se elevar 3 pés sobre a água

Se já pensou que já viu tudo a respeito de embarcações e super iates de conceito único, pense novamente. De acordo com Alain Thébault, um visionário francês do iatismo, o que se afirma ser o primeiro hydrofoil movido a hidrogênio do mundo se tornará realidade já em 2023.

A startup suíça por trás da ideia revolucionária, The Jet ZeroEmission, juntou-se à Zenith Marine e à DWYN para construir a nova embarcação de emissões zero. De acordo com o comunicado de imprensa, ele será lançado no próximo ano em Dubai e deverá fazer a sua primeira viagem durante a conferência climática COP28 dos Emirados Árabes Unidos em novembro de 2023.



a-new-hydrogen-powered-yacht
Photo//Interestingengineering

Descoberto "Portal Eletromagnético” que permite ligações multidimensionais


Construindo um iate 'voador'

O iate não convencional, apropriadamente chamado de Jet, oferece um visual futurista e extraterrestre, além de suas duas células de combustível de hidrogênio que alimentarão seus motores elétricos para um cruzeiro silencioso e livre de emissões. Essas células de combustível de hidrogênio criam eletricidade misturando hidrogênio e oxigênio para formar uma “pilha” maior de células de combustível. Medindo 33 pés (10 m) da proa à popa, ​​o Jet pode transportar 13 pessoas, incluindo o capitão. 



O que faz o iate se destacar de outros super iates no mercado é sua capacidade de voar como um jato. Mas como exatamente um iate voa sobre a água? Graças aos hidrofólios do Jet, é claro. E caso não esteja familiarizado com o termo, os hidrofólios são lâminas semelhantes a asas que ficam localizadas na parte submersa do casco, e que cortam a água à medida que o barco acelera, elevando a embarcação, assim como os aerofólios usados ​​em aviões. Ao oferecer passeios mais suaves e sem a resistência da água, em comparação com iates comuns, esses hidrofólios podem levantar o iate até 0,9 m (3 pés) fora da água.



thejet-close_resize_md
Photo//Interestingengineering


Ferry "Soleil" fez primeira viagem autónoma, no Japão



O Jet vem com software automático que oferece fácil controlo sobre a altura e velocidade do voo. A empresa suíça também afirma que o jato pode atingir cerca de 18 nós durante a decolagem e tem uma velocidade de cruzeiro de 35 a 40 nós, ou 46 mph.



Temos o prazer de fazer este anúncio de Dubai e poder fabricar e lançar o 'The Jet', que será o primeiro barco do mundo a navegar sem ruído, ondas ou emissões”, acrescentou Thébault no comunicado à imprensa.


Novo revestimento de liga constrói resistência interna para impedir a ferrugem do aço



Referencia//Interestingengineering.

Sem comentários:

Enviar um comentário