sexta-feira, 31 de dezembro de 2021

Asteroide, maior que o Big Ben, aproxima-se da Terra, afirma a NASA

No final do século 20, a NASA lançou o Programa de Objetos Próximos à Terra com o objetivo de encontrar e rastrear o movimento de objetos celestes cujas órbitas poderiam trazê-los para perto de nosso planeta. 


A agência espacial encontrou mais de 20.000 NEOs até o momento.


Asteroide, maior que o Big Ben, aproxima-se da Terra
Photo//Hypeness


Como a China planeia salvar a terra de impactos de asteroides


Um grande asteroide, maior que o Big Bem, está se aproximando da Terra, mostram os registos da NASA. De acordo com o Asteroid Watch Dashboard da agência espacial, o corpo celeste, denominado 2013 YD48, tem aproximadamente 104 metros de largura, o que o torna maior do que a icônica atração turística britânica. O asteroide, viajando a uma velocidade estonteante, passará pela Terra a 11 de janeiro.



Antes da visita do YD48 de 2013, três outros asteroides passarão perto da Terra no início de janeiro, com seus tamanhos variando de 4 a 12 metros. Mas não se deixe confundir pelos números, esses corpos celestes são muito perigosos. Para efeito de comparação, o meteoro de 17 metros que explodiu na atmosfera sobre a região russa de Chelyabinsk em 2013 danificou mais de 7.000 edifícios e resultou em US $ 33 milhões em danos.

 

Embora todos os asteroides tenham sido categorizados como objetos próximos à Terra, a NASA diz que uma colisão é altamente improvável. Mas não se apresse em fazer planos de longo prazo, bem, pelo menos não depois dos anos 2080, porque a Agência Espacial Europeia descobriu um asteroide que pode atingir a Terra no final deste século. Identificado como 2019 SU3, é classificado em quarto lugar na lista dos corpos celestes mais perigosos e pode atingir nosso planeta em 16 de setembro de 2084.



Cientistas do Mit criam sistema para as ameaças de asteroides



Referencia//SputnikNews

Sem comentários:

Enviar um comentário