sexta-feira, 12 de novembro de 2021

A Terra pode enfrentar o "apocalipse da Internet" devido às tempestades solares

Os fenômenos chamados pelos cientistas de "clima espacial" podem afetar a Terra de várias maneiras, desde a criação de fascinantes espetáculos de luz, como as auroras, até ao causar danos aos satélites.

A Terra pode se preparar para tempestades solares, que podem atingir o planeta nos próximos quatro anos, estimam os cientistas.



Tempestade-solar-apocalipse-internet
Photo//Revista Galileu


Estrutura enorme, parecida a antigo templo japonês, foi descoberta em Marte



“Nos últimos anos, realmente tivemos muito pouca atividade, durante o mínimo solar, mas agora estamos acelerando e acelerando rapidamente para o próximo máximo do ciclo solar, que esperamos em 2025", afirmou Bill Murtagh, ao Space um coordenador do programa do Centro de Previsão do Clima Espacial (SWPC) da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA) .



Várias grandes tempestades geomagnéticas atingiram a Terra no início de novembro, logo após o Halloween, e são consideradas pelos cientistas como indicadores do estágio atual do ciclo solar.

"Estamos vendo o aumento da atividade que seria de esperar com esse aumento do ciclo solar", disse Murtagh. “Esta é uma espécie de nossa fase de despertar”.

 



Essas tempestades têm origem no que é conhecido como ejeções de massa coronal, ou CMEs. Eles são feixes de material solar, essencialmente nuvens de gás de plasma com campos magnéticos, que são explodidos pelo Sol de tempos a tempos. Essas nuvens nem sempre combinam bem com os campos magnéticos da Terra, sendo o que causa as tempestades geomagnéticas.

Às vezes, os CMEs podem crescer enquanto viajam do Sol para a Terra, algo que os pesquisadores espaciais chamam de "canibalização".

O tamanho de um CME e a forma como interage com o campo magnético do planeta determinam o efeito da tempestade geomagnética resultante e, se o CME for grande o suficiente, as consequências podem ser preocupantes.



Em parte, eles podem afetar infraestruturas essenciais na Terra, como redes de satélites, redes de energia e sistemas de comunicação de aviões. Mas o resultado de uma tempestade solar forte o suficiente pode até levar ao que foi descrito em um estudo como um "apocalipse da Internet" que pode manter grande parte da humanidade offline por semanas ou até meses.

Como os CMEs geralmente têm origem em regiões magneticamente ativas próximas às manchas solares, um número maior de manchas solares aumentará a probabilidade de um CME poderoso. Se esta estimativa for precisa, também aumentará significativamente a probabilidade de um evento em grande escala nesta década ”, disse Sangeetha Abdu Jyothi da Universidade da Califórnia, Irvine and VMware Research.


A China planeia construir uma mega nave espacial



Referencia/SputnikNews

Sem comentários:

Enviar um comentário