quarta-feira, 26 de maio de 2021

Não teremos qualquer hipótese contra a Inteligência Artificial

É de conhecimento geral, em breve, que a inteligência artificial será capaz de superar os seres humanos em muitas áreas, ou mesmo em praticamente todas elas. Quanto isso acontecerá ainda não se sabe. Mas numa nova entrevista publicada pelo The Guardian, o vencedor do Prêmio Nobel, Daniel Kahneman, tem uma visão bastante catastrófica sobre o assunto. A batalha entre IA e humanos, disse ele, vai ser uma explosão absoluta, e os humanos estão ferrados.

Claramente a IA vai ganhar [contra a inteligência humana]. Não teremos a mais pequena hipótese”, disse Kahneman ao jornal. “Como as pessoas vão se adaptar a isso é um problema fascinante.



Inteligencia-artificial
Photo//CIO


O perigo dos danos psicológicos causados pelos robôs sexuais


Por que ouvir Daniel Kahneman? O seu livro de 2011, “Rápido e Devagar: Duas Formas de Pensar  com mais de dois milhões de exemplares vendidos,  é um dos temas mais influentes no campo da economia comportamental, explorando como e por que os humanos pensam a maneira como pensam (o pensamento “rápido” do título ser intuitivo; o pensamento “lento” ser racional), e o que nos deixa preparados (ou despreparados) para tomar decisões sobre nosso futuro. Mas, além disso, ele ganhou o Prêmio Nobel de 2002 por ser pioneiro na “teoria das perspetivas”, o que explica como as pessoas racionalizam a diferença entre ganhos e perdas, e como seus limites para a aversão ao risco e apetite ao risco funcionam.



E por que, de acordo com Kahneman, estamos tão despreparados alcançar a próxima geração de inteligência artificial? Falando sobre a forma como a pandemia dominou um mundo despreparado, Kahneman citou o crescimento exponencial do vírus. As mentes humanas, explicou ele, são essencialmente desequipadas para lidar com a matemática básica subjacente e algo como um surto de Covid pode sair do controle em escala global.

Fenômenos exponenciais são quase impossíveis de entender”, disse ele ao The Guardian.Somos muito experientes num mundo mais ou menos linear. E se as coisas estão acelerando, geralmente estão acelerando dentro da razão. Mudança exponencial [como com a propagação do vírus] é realmente outra coisa. Não estamos equipados para isso. Leva muito tempo para educar a intuição”.



Encerrando a discussão sobre IA, Kahneman observou a questão com as mentes humanas. “Haverá uma rutura maciça. A tecnologia está se desenvolvendo muito rapidamente, possivelmente exponencialmente. Mas as pessoas são lineares. Quando as pessoas lineares se deparam com mudanças exponenciais, elas não serão capazes de se adaptar muito facilmente a isso.” Kahneman cita a medicina como um lugar onde os humanos serão substituídos, “certamente em termos de diagnóstico”. E em outros lugares, ele deixa uma mensagem gritante para as salas de reuniões do mundo: “Há cenários bastante assustadores quando se fala de liderança. Uma vez que é comprovadamente verdade que se pode ter uma IA que tem um julgamento de negócios muito melhor, digamos, o que isso fará com a liderança humana?


Um dos maiores mistérios da biologia 'resolvido' pela IA



Referencia//The Guardian



Sem comentários:

Enviar um comentário