sexta-feira, 28 de maio de 2021

Kelekona propõe autocarro aéreo com capacidade para 40 lugares

A maioria das empresas eVTOL está pensando na utilização de táxis aéreos, oferecendo apenas 2 a 5 lugares. A Lilium é uma exceção notável, apresentando um design de "microbus aéreo" de 7 lugares e priorizando viagens mais longas. Mas existem muito poucas empresas pensando num tipo de serviços, mais ambiciosos, a que a Kelekona se propõe.

Esta audaciosa startup da cidade de Nova York está pensando em 40 passageiros, mais um piloto por voo, ou uma enorme capacidade de carga (4.540 kg). E, aparentemente, distâncias longas e altas velocidades também, já que o site da Kelekona promete que esses bus VTOL Sky farão os 330 milhas (531 km) entre Los Angeles e São Francisco em apenas uma hora.


Autocarro-aéreo
Photo//Kelekona


Revelada estrada que carrega carros elétricos enquanto se deslocam



A fuselagem é certamente um projeto interessante. Ele decolará, em operações VTOL, recorrendo a quatro turbinas de passo variável. Esses impulsores irão inclinar-se para frente para fazer com que este pássaro gigante voe para a frente, mas onde a maioria dos eVTOLs de empuxo vetorial têm asas grandes e largas, a Kelekona planeia confiar apenas na forma do corpo para fornecer sustentação suficiente para um voo eficiente.



Assim, ele tem um corpo largo, plano e robusto com um leve formato de lágrima no seu perfil lateral. A frente é arredondada e a traseira cónica.O corpo inteiro da aeronave Kelekona é uma asa gigante

O visual é bizarro, e ficamos fascinados em ver como a aerodinâmica funcionará. Certamente ele terá que se deslocar muito rápido para se sustentar no ar carregando 40 pessoas e mais as baterias necessárias para garantir a sua grande autonomia.



eVTOL-autocarro-aereo
Photo//Kelekona


A fusão nuclear deixou de ser ficção científica


Carregar essas baterias também não será uma tarefa trivial. Devemos estar falando sobre o equivalente a vários megawatts-hora de baterias de lítio de alta densidade aqui. Portanto, a Kelekona está planeando trocar toda a bateria por uma outra carregada para não perder tempo em carregamentos.

O único outro projeto semelhante de transporte de massa eVTOL que vem à mente é o britânico GKN Aerospace com sua aeronave Skybus , que propõe oferecer 30-50 lugares em trajetos verticais que cruzam a cidade. Mas a GKN está planejando usar duas enormes asas conectadas para isso. As vantagens e desvantagens são imediatamente claras. O projeto GKN produzirá muito mais sustentação, voando com muito mais eficiência em velocidades mais lentas, mas com 50 assentos na sua cabine pode ser tão largo quanto um 747. Encontrar espaço para lançar e pousar com segurança essas coisas em áreas da cidade não será fácil.





O projeto Kelekona, por outro lado, pode ser capaz de operar em algo 3 a 4 vezes o tamanho de um heliporto regular. Ainda é um desafio abrir espaço num ambiente urbano, mas mais fácil do que se tivesse algumas centenas de metros de envergadura. Ele terá que voar rápido e longe para operar com eficiência, no entanto, e isso significa que suas necessidades de energia serão absolutamente épicas.

É uma proposta fascinante e diferente que parece aerodinamicamente improvável e energeticamente ainda mais difícil. Marcamos um bate-papo com o fundador para conversar sobre o assunto e traremos mais informações sobre essa aeronave extremamente estranha nos próximos tempos.


Novo reator captura hidrogénio de aguas residuais


Referencia//NewAtlas


Sem comentários:

Enviar um comentário