sábado, 10 de abril de 2021

Um terço da plataforma de gelo da Antártica corre o risco de colapso

As plataformas de gelo são essenciais para manter o equilíbrio da Antártica, pois evitam que a água corra em excesso para os oceanos, o que faria com que os níveis globais do mar disparassem.

As probabilidades são de que mais de um terço, (67 por cento), da plataforma de gelo da Antártica desabar, se as temperaturas globais ultrapassarem os níveis pré-industriais em 4 graus Celsius, alerta um novo estudo da Universidade de Reading do Reino Unido. Os resultados foram publicados na revista Geophysical Research Letters .


Plataforma-de-gelo
Photo//Jornal da Ciencia


Como Bill Gates planeia bloquear a luz do sol


Nele, os cientistas explicam como as plataformas de gelo cruciais, plataformas de gelo flutuando perto da costa, estão, ao funcionarem como uma represa, reduzindo o ritmo do derretimento do gelo e da água fluindo descontroladamente.

"As plataformas de gelo são importantes amortecedores que impedem que as geleiras em terra fluam livremente para o oceano e contribuam para o aumento do nível do mar. Quando elas entram em colapso, é como uma rolha gigante sendo removida de uma garrafa, permitindo que quantidades inimagináveis ​​de água das geleiras caiam no mar ", afirmou a autora principal do estudo, Ella Gilbert, e cientista do clima do Departamento de Meteorologia da Universidade de Reading.



Gilbert detalhou para a CNN o perigo significativo que isso representa para localidades costeiras baixas, como, por exemplo, estados insulares do Pacífico Sul, como Vanuatu e Tuvalu.

Durante o verão, o gelo da superfície dessas prateleiras derrete, mergulhando em fendas menores na neve abaixo, onde geralmente congela novamente.

No entanto, no caso de derretimento em grande escala e pouca neve, essa água acumula-se na superfície do gelo ou flui para fendas, aumentando-as e fazendo com que a plataforma se quebre e deslize para o mar.

 

Mega iceberg desprende-se de uma plataforma de gelo da Antártica


Tendo usado modelagem climática regional de alta resolução para prever as consequências do aumento do derretimento na estabilidade da plataforma de gelo, os pesquisadores chegaram à conclusão de que conter o aumento da temperatura para 2 graus Celsius reduziria o risco de colapso pela metade.

O s investigadores identificaram quatro plataformas de gelo que estariam ameaçadas por um clima mais quente: as plataformas de gelo Larsen C, Shackleton, Pine Island e Wilkins, que são vulneráveis ​​devido à sua geografia e ao escoamento previsto nessas áreas.



Larsen C é a maior plataforma de gelo da Península Antártica, e a geleira de Pine Island tem recebido muita atenção nos últimos anos porque está derretendo rapidamente em resposta à mudança climática, disse Gilbert.

De acordo com o último relatório da lacuna de emissões da ONU, estamos no caminho para um mundo que será 3,2 graus Celsius mais quente até o final do século, e no meio de apelos de ecologistas para que a comunidade global reduza drasticamente nossa dependência dos combustíveis fósseis e evite que o planeta atingindo o limite crucial de 1,5 graus Celsius acima dos níveis pré-industriais.

Em linha com o acordo de Paris de 2016, 196 países signatários concordaram com a meta de manter as temperaturas globais "bem abaixo" de 2 graus Celsius acima dos níveis pré-industriais e envidar esforços para reduzir ainda mais o número para 1,5 graus Celsius.


Porquê o nível do mar está subindo 4 vezes mais rápido que previsto?


Referencia//Sputniknews




Sem comentários:

Publicar um comentário