quarta-feira, 10 de março de 2021

Porquê o nível do mar está subindo 4 vezes mais rápido que previsto?

O mar está subindo, mas não é tudo. Os cientistas dizem que as avaliações atuais do aumento do nível do mar global têm desconsiderado um fenómeno importante que afeta as regiões costeiras, um descuido que significa que o espectro contínuo do aumento do nível do mar é ainda mais sinistro do que sabíamos.

Enquanto a média global do aumento do nível do mar atribuído ao derretimento das massas de gelo, num planeta em aquecimento, equivale a cerca de 2,6 milímetros por ano nas últimas duas décadas, essa medição ignora uma ocorrência simultânea e generalizada em que o aumento do nível do mar é mais ameaçador, nas zonas costeiras de todo o mundo, muitas vezes o resultado da atividade humana.



Cidades-inundadas
Photo//CienciaOnline


Mega iceberg desprende-se de uma plataforma de gelo da Antártica



Há menos de um mês, os cientistas exploraram a mesma questão dentro do contexto limitado da área da Baía de São Francisco, descobrindo que o peso colossal da região estava fazendo com que esta afundasse progressivamente, mesmo enquanto os níveis de água ao longo da costa estão se movendo continuamente noutra direção.

Infelizmente, esse mesmo problema está acontecendo nas regiões costeiras de todo o mundo, e é algo que altera enormemente a perspetiva do que, 2,6 milímetros de aumento anual do nível do mar, realmente significa.

"As taxas rápidas de subsidência em deltas e especialmente em cidades construídas nos deltas também são causadas pelo homem, principalmente devido á extração de água subterrânea, a extração de petróleo e gás, o reabastecimento de sedimentos evitado por barragens a montante, defesas contra inundações, extração de areia ou mineração", disse o engenheiro costeiro Robert Nicholls, da University of East Anglia, no Reino Unido.



"Cerca de 58 por cento da população costeira do mundo vive em deltas onde a terra está diminuindo."

Num novo estudo, Nicholls e sua equipe quantificaram como o aumento do nível do mar realmente se parece nas áreas costeiras, uma vez que a subsidência, tanto natural como a causada pelo homem, é levada em consideração.

De acordo com seus cálculos, o aumento relativo do nível do mar nas regiões afetadas está efetivamente acontecendo até quatro vezes mais rápido do que a média global sugere, representando entre 7,8 a 9,9 mm por ano.

Essa é uma taxa dramaticamente diferente de aumento do nível do mar em curso nas costas do mundo, e é algo que já afeta a maioria dos humanos que vivem no planeta, dada a tendência de nossa espécie de se reunir em áreas costeiras urbanizadas, cidades vulneráveis ​​que estão afundando e mais expostas às marés altas.



Essas descobertas têm implicações importantes para a gestão costeira, ação climática e objetivos de sustentabilidade”, explicam os investigadores.

"Para a mitigação do clima, eles significam que os riscos de aumento do nível do mar global contemporâneo e futuro e as necessidades de adaptação são muito maiores do que previamente avaliado."

 Para nos adaptarmos ao novo ritmo de ameaça identificado, os investigadores dizem que precisamos buscar maneiras de reduzir a subsidência induzida pelo homem, juntamente com as políticas existentes que trabalham para mitigar a crise climática, principalmente reduzindo as emissões de retenção de calor causadas pela queima de combustíveis fósseis.

A longo prazo, as estratégias de mitigação das mudanças climáticas são as mais importantes, dizem os pesquisadores, mas os esforços anteriores para reduzir o afundamento na Holanda, Japão e China mostraram que podemos diminuir as taxas de afundamento usando políticas responsáveis ​​de gestão das águas subterrâneas nas cidades costeiras.


Há mais de mil anos que a Corrente do Golfo não estava tão fraca


Como sempre, é importante pensar positivamente e agir de forma decisiva. Ainda assim, não há como negar as implicações drásticas se não abordarmos essas descobertas agora, e começarmos a levar em consideração os efeitos de subsidência local sempre que pensarmos e falarmos sobre o aumento do nível do mar.

Também não é um problema remoto. O aumento relativo do nível do mar já está afetando milhões de pessoas atualmente.

“Os impactos do aumento do nível do mar que estão ocorrendo hoje são muito maiores do que os números globais relatados pelo Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC),” diz Nicholls .

"Um dos principais motivos pelos quais Jacarta, a capital da Indonésia, está sendo transferida para Bornéu, é porque a cidade está afundando devido à extração de água subterrânea ..e  Jacarta pode ser apenas o começo."

 Os resultados foram publicados  na Nature Climate Change .


A erupção do vulcão Kilauea, no Havaí, cria um lago de lava com 180 metros de profundidade


Referencia//ScienceAlert


Sem comentários:

Enviar um comentário