sexta-feira, 19 de março de 2021

Pfizer/BioNtech planeia vacina contra o câncer

Özlem Türeci, a cientista que fundou a empresa BioNTech, famosa pela “ vacina de coronavírus Pfizer / BioNTech ”, diz que poderemos ter vacinas eficazes contra o câncer nos próximos anos.

O desenvolvimento de uma vacina que previna o câncer era na verdade o objetivo original de Türeci para a BioNTech, disse ela à AssociatedPress . Mas agora, após o sucesso retumbante da empresa e o influxo de financiamento proveniente de sua vacina COVID, ela diz que é finalmente um projeto viável para prosseguir e concretizar.


vacina
Photo//JN


Como poderá funcionar uma vacina COVID-19 na realidade



Como a vacina contra o coronavírus, a BioNTech está trabalhando em vacinas contra o câncer que usam o RNA mensageiro para instruir o sistema imunológico de uma pessoa como detetar, direcionar e matar tumores cancerígenos quando eles começarem a crescer, de acordo com a AssociatedPress .

Temos várias vacinas diferentes contra o câncer com base no mRNA”, disse Türeci.

Ainda assim, Türeci não tem certeza de quando tal vacina pode estar pronta e especialmente quando ela realmente estará disponível para uso.

Isso é muito difícil de prever no desenvolvimento inovador”, disse ela à AssociatedPress . “Mas esperamos que dentro de apenas alguns anos, também tenhamos nossas vacinas contra o câncer em condições de oferecer às pessoas.”



Mas isso não é surpreendente, o caminho do desenvolvimento ao teste, validação e distribuição de uma nova vacina é longo e árduo. Mas Türeci sugeriu que a BioNTech está bem equipada para lidar com a tarefa após enfrentar o processo drasticamente acelerado de trabalhar com a Pfizer numa vacina COVID-19.

Vale a pena tomar decisões ousadas e confiar que, se você tiver uma equipe extraordinária, será capaz de resolver qualquer problema e obstáculo que surgir em tempo real”, disse Türeci à AssociatedPress .


Vacina russa Sputnik V com eficácia de 92% na 3ª fase dos testes clínicos


Referencia//AssociatedPress




Sem comentários:

Enviar um comentário