terça-feira, 9 de março de 2021

Avistamento de Ovni na Turquia dado como real

Durante vários meses de 2007 ocorreram vários avistamentos de Ovnis na Turquia, e os vídeos disponíveis são considerados por muitos entusiastas como as mais importantes imagens de um OVNI de todos os tempos. Entre eles, próximo à capital do país, Ankara foi visto um objeto, e um guarda do Complexo Yenikent capturou as imagens, embora inúmeras testemunhas confirmem ter presenciado as aparições.

 O TÜBITAK, órgão governamental para pesquisa em ciência e tecnologia da Turquia, emitiu um parecer histórico sobre a autenticidade de um vídeo de 35 minutos feito por esse guarda noturno, que mostra um objeto voador não identificado e a silhueta de 2 supostos tripulantes, algo inédito na ufologia mundial.



Ovni
Photo//youtube


O Pentágono admite estar de posse de fragmentos de aeronaves extraterrestres



 O Ovni, visto por vários moradores de Kumburgaz, na Turquia, e filmado por Yalcin Yalman, causou furor por todo o mundo sendo muito noticiado na China, Rússia, Brasil e Suíça. Filmado em agosto de 2007 e analisado primeiro pelo grupo “Sirius UFO”, foi autorizado a ser publicado dia 17 de janeiro de 2008 numa conferência de imprensa. Logo surgiram críticas, começando pelo Prof. Adnan Öktem, do Departamento da Universidade de Istanbul de Ciências de Astronomia, o Prof. Mehmet Emin Ozel, do Departamento da Universidade de Física e o Prof. Kerem Doksat, do Departamento da Universidade de Psiquiatria, que afirmaram que a filmagem era uma brincadeira feita com uma maquete ou animação de computador. E disseram isso sem terem procedido a uma análise ou qualquer outro tipo de estudo.

 Assim, o grupo “Sirius UFO” decidiu ir à TV e informar que estavam submetendo o vídeo ao Prof. Adnan Oktem para ser estudado na confiável e renomada Instituição Científica do Estado chamada “TÜBITAK”, que fez uma análise completa e preparou um relatório oficial declarando:



 Os objetos vistos no filme acima mencionado possuem uma estrutura que é feita de material específico e definitivamente não foi feito por qualquer tipo de animação de computador nem por qualquer forma de efeitos especiais usados para simulação num estúdio ou para um efeito de vídeo. Então, está decidido que o avistamento não é uma maquete ou uma fraude”.

Além disso, na última parte do relatório ficou concluído que estes objetos no vídeo possuem estruturas físicas e materiais que não pertencem a qualquer categoria conhecida (aviões, helicópteros, meteoros, Vênus, Marte, satélites, bolas de fogo, lanterna chinesa, etc.), caindo assim na classificação de OVNI (Objetos Voadores Não-Identificados).





Os avistamentos aconteceram ao longo de dois meses diante dos olhos dos residentes de “Yeni Kent”. O grupo “Sirius UFO” falou com todas as testemunhas em separado e conseguiu testemunhos por escrito e filmados. Uma análise detalhada da filmagem mostrou que três objetos diferentes aparecem ao mesmo tempo, coisa que não era possível às testemunhas verem. Também disseram que analisando todos os 35 minutos é possível ver todo o ambiente onde foi filmado.

As imagens foram examinadas pelo TUG, Unidade Processamento de Imagens do Observatório Nacional. Como analisar todas as imagens seria um processo muito demorado somente partes aleatórias das imagens foram pré-examinadas. Durante este processo foram obtidos os seguintes resultados:

 · As imagens foram gravadas em formato NTSC Digital.

· A data no vídeo indica que ele foi gravado durante o verão de 2007.

· As imagens do objeto que visivelmente tem uma certa configuração não são animações de computador, efeitos especiais de vídeo ou modelos recriados em estúdio.

· A filmagem é genuína.


 

A primeira observação feita sobre a filmagem é que algumas das imagens foram gravadas a noite e a certa altitude do horizonte. A filmagem também cobre imagens da Lua em algumas partes o que prova que o vídeo foi gravado a noite e ao ar livre. Mas o fato de que a data mostra o horário AM em alguns frames e PM em outros, levanta suspeitas sobre a validade do tempo em que as filmagens foram feitas.

 Sendo que não há outro objeto que seja apresentado como referência nos frames em close-up e não foram achadas diferenças observáveis na examinação do fundo, o local real, distância, dimensões e natureza dos objetos não puderam ser determinadas.

 Através do exame de filmagens em múltiplas datas, há uma forte possibilidade de que 2 ou 3 objetos diferentes foram capturados. Entretanto, é difícil determinar se os objetos estão se movendo ou não. O movimento é lento se é que existe.


 Os reflexos de luz no objeto são algumas vezes causados pela Lua e outras produzido por outras fontes de luz.

O reflexo de luz no lado esquerdo do objeto que é visto na filmagem de 10 de Agosto não é produzido pela Lua. Naquela hora a Lua estava quase nova e localizada aproximadamente em ângulo de 10 Graus com o horizonte. Mais ainda, a análise da imagem revela que o centro do objeto tem a mesma densidade do fundo, como se fosse transparente.

 Concluindo, mesmo após um exame detalhado da filmagem, o objeto permanece não identificado.


Via Láctea pode ter mais de 3.000 civilizações alienígenas



Referencia//New Age Gamer



 


Sem comentários:

Publicar um comentário