segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

Especialista em ONVIs afirma aproximarem-se revelações “bombásticas”

Nick Pope, um ex-chefe da força de investigação OVNI do governo do Reino Unido, diz que os últimos desenvolvimentos impressionantes em relação à busca por vida extraterrestre, incluindo a divulgação de vídeos de pilotos da Marinha dos EUA, o levaram a acreditar que estamos no limiar de algumas revelações inovadoras.

O especialista britânico em OVNIs, Nick Pope, está certo de que teremos em breve novas divulgações sobre o fenómeno que ele disse que pode vir a ter um impacto de longo alcance num futuro previsível.

OVNI
Photo//Pixabay//hollanddesign

Professor de Harvard reafirma que uma nave extraterrestre já passou perto da Terra


O Sr. Pope, que dirigia o agora extinto departamento de OVNIs do governo do Reino Unido, citou suas fontes dizendo que o Ministério da Defesa está investigando avistamentos de OVNIs, apesar de seu ceticismo oficialmente declarado sobre o assunto. As investigações dos OVNIs foram canceladas pelo MoD no final de 2009 com o fundamento de que eles alegadamente não serviam a nenhum propósito específico de defesa e estavam desviando a atenção de outras operações mais importantes.

No entanto, tenho informação, de fontes confiáveis ​​e bem colocadas, que isso não é totalmente correto, e que os avistamentos continuam, á parte de outros negócios de defesa, estando a palavra 'OVNI'  escrupulosamente evitada, para tentar evitar a criação de responsabilidade pela Lei de Liberdade de Informação ”, disse o ex-chefe do departamento de OVNIs.

Pope também observou que uma força-tarefa criada pelo governo dos Estados Unidos já compartilhou ostensivamente algumas conclusões provisórias com seus colegas britânicos, enfatizando que algumas das revelações que estão para chegar podem ser realmente “assombrosas”.

“Há um ímpeto crescendo e não há fumaça sem fogo. O relógio está correndo agora na demanda do Comitê de Inteligência do Senado por um relatório sobre o fenômeno OVNI do Diretor de Inteligência Nacional ”, disse Pope, alegando que as revelações dos OVNIs podem vir no tempo devido, lado a lado com algumas outras iniciativas indiretamente relacionadas , por exemplo, um projeto de lei de alívio COVID-19.



Deverá ser dada uma resposta, dentro de 180 dias, da promulgação do projeto de lei das restrições devido á COVID-19, porque este projeto continha a Lei de Autorização de Inteligência, onde a exigência de OVNIs foi articulada”, explicou Pope, acrescentando que “o Departamento de Defesa dos EUA sabe desde Junho do pedido do comitê e a força investigação de fenómenos aéreos não Identificados (UAP) (US Navy’s Unidentified Aerial Phenomena) da Marinha dos EUA provavelmente já está trabalhando na resposta ”, então o público pode obtê-la antes do prazo final de junho, afirmou ele.

O relatório, continuou ele, por mais importante que seja, é apenas uma parte de um processo mais complexo e “veremos algumas grandes histórias de OVNIs em 2021”.



 

Pope também observou que, devido à “globalidade” do fenômeno OVNI, “nenhuma nação tem o monopólio do assunto ”, disse Pope.

Sabemos muito pouco, por exemplo, sobre o que Rússia e China sabem e pensam sobre o assunto, ou qual é sua política em relação ao fenómeno. E pelo que sabemos, outra nação pode ter uma peça-chave do quebra-cabeça, e pode repentinamente e inesperadamente dar um passo ”, assumiu, dizendo que o papel de coordenação a este respeito deve ser reservado à ONU como um corpo internacional.

Em março do ano passado, o Pentágono despertou o interesse em OVNIs ao desclassificar três vídeos que mostram o que ele descreveu como “fenómenos aéreos inexplicáveis”. Os pilotos de caça da Marinha atônitos filmaram objetos aparentemente deslocando-se em ângulos e velocidades impossíveis para qualquer aeronave conhecida.


Casos de OVNIS, ainda não explicados, no Brasil


A desclassificação tinha como objetivo “esclarecer quaisquer equívocos sobre se a filmagem que está circulando era real ou não, ou se há ou não mais nos vídeos”, informou o Pentágono num comunicado.

A filmagem, que mostra objetos não identificados voando em alta velocidade na atmosfera da Terra junto com áudio de pilotos da Marinha expressando choque e pavor, foi publicada inicialmente em 2007 e depois em 2017. A filmagem foi feita durante voos de treino, com os vídeos publicados em 2017 pelo New York Times, o que causou um grande rebuliço na época.


Luzes misteriosas no céu provocam alarmismo no Havaí


Referencia//Sputniknews




Sem comentários:

Enviar um comentário