sábado, 16 de janeiro de 2021

Alemães ativaram reator de fusão nuclear que irá mudar o mundo

Uma das maiores descobertas da ciência dos últimos tempos, foi conseguir pela primeira vez, fazer funcionar uma máquina de fusão nuclear. Tal aconteceu na Alemanha com o reator Wendelstein 7-X.

Como funciona o reator?

O reator tem o mesmo principio de funcionamento do sol, funde átomos para gerar energia, sendo o oposto da energia nuclear que temos hoje, que funciona através da fissão.


Wendelstein-7-X
Photo//lukemckinney.


Reatores nucleares flutuantes podem ser uma excelente alternativa energética


Nos últimos 30 anos, a humanidade esteve estudando a fusão nuclear na esperança que isso se transformasse numa fonte inesgotável de energia.

Ao conseguir dominar a fusão nuclear, estaremos perto de uma fonte de energia inesgotável, e isso deve mudar o planeta para sempre. Praticamente não existirão limites, desde a dessalinização da água salgada, transformando desertos em grandes fazendas, acabando com a fome  a baiar o custo dos transportes.




O reator Wendelstain 7-X é uma máquina com 16 metros de diâmetro, que tenta imitar as condições das estrelas para fundir átomos e produzir energia, produzindo assim um campo magnético para segurar o plasma gerado no processo.

E tudo isso foi conseguido, com um campo magnético 3D que conseguiu fazer o processo sem destruir a máquina.





O reator vai gerar energia apenas para sua utilização, depois poderemos começar a usar essa tecnologia para produzir uma enorme quantidade de energia de maneira barata e limpa, tendo como subproduto, agua.

Atualmente o Wendelstein 7-X é o maior dispositivo de fusão já criado, usando o conceito do stellarator. O suporte para a pesquisa é um projeto de parceria independente com a Universidade de Greifswald.


Conheça o carro elétrico espanhol que custa 17000 €


Referencia//Inhabitat




1 comentário: