sexta-feira, 4 de dezembro de 2020

Casos de OVNIS, ainda não explicados, no Brasil

O fenómeno OVNI é muito difundido na cultura brasileira, uma vez que todos estão acostumados com histórias e curiosidades muito persistentes sobre o assunto, na maioria das vezes sem explicação.

Hollywood ficou conhecida por trazer um catálogo riquíssimo de filmes sobre alienígenas e de luta dos humanos contra seres de outro mundo, mas foi aqui em terras brasileiras que algumas coisas sem explicação, envolvendo o assunto, aconteceram e deixaram a sociedade perplexa sobre que houve.



Ovni
Photo//Radio Campanario

Aumento de avistamentos de OVNIs cria medo de invasão alienígena


Então, se  é fã do assunto, com certeza vai querer se aprofundar nestes casos, principalmente acompanhando os vídeos de reportagens e entrevistas inseridas no corpo do texto, que contextualizam um pouco mais o momento em que os casos foram registados.

Vamos listar neste texto alguns casos incríveis que nos farão questionar se o ser humano está sozinho no universo, como é pregado por alguns estudiosos.



 

Fenómeno do Chupa-Chupa, o “Roswell Brasileiro”

Talvez esse seja o caso mais estranho da história brasileira. Na pequena cidade de Colares, no Pará, no ano de 1977, centenas de pessoas, incluindo militares, foram testemunhas do fenomenal chamado “Chupa-Chupa”.

 


Operação-prato
Photo//Jornal Jundiaí Agora

 

Frota de naves alienigenas submersas fotografada na costa grega

 

Para se ter uma ideia, na época foram avistadas várias luzes no céu e estas causavam queimaduras e ferimentos bizarros nos moradores. A prefeitura não conseguiu contar o povo da cidade e convocou a Aeronáutica para pedir ajuda no caso.

 O Comando Aéreo Regional foi à região e chegou a fotografar um objeto que estava a cerca de 3 mil metros de altura e conseguia se movimentar a 30 mil km por hora.

 O caso até hoje levanta questões, principalmente após o suicídio do coronel Uyrangê Bolívar Soares de Hollanda Lima, encarregado do caso, que tirou a própria vida 20 anos após o caso.

 Antes de sua morte, ele chegou a dar uma entrevista falando sobre o caso:

 





O Boeing 727 e a nave espacial

No ano de 1982, um outro caso marcou a ufologia brasileira, já que supostamente, uma nave espacial teria resolvido perseguir um avião Boeing 727, o voo 169 da VASP.

 

Vasp-flight-169
Photo//Portal Fenomenum

 

Caçador de OVNIs deteta 'objeto alienígena' e acusa a NASA de bloquear o vídeo


O avistamento aconteceu na madrugada do dia 8 de fevereiro. Estava tudo normal até sobrevoarem o interior da Bahia e comandante perceber que existia uma forte luz do lado esquerdo do avião.

 Ele estranhou aquilo, pensou ser um mal-entendido ou até outra aeronave, mas ao falar com o controle aéreo, eles responderam que não havia nenhum outro avião por ali.

 Quase todos os tripulantes do avião conseguiram ver a possível nave espacial. A aeronáutica negou que tenha sido notado qualquer sinal estranho no radar, embora o comandante do avião da VASP tenha dito o contrário.

 Veja uma matéria do Jornal Nacional da época:

 


 



 

O homem abduzido

António Villas Boas ficou famoso no Brasil na década de 50 após relatos de sua abdução em 1957. Segundo ele, foi avistada uma forte luz na janela de sua casa, o que se repetiu alguns dias depois, mas desta vez com um outro efeito.

 Villas Boas disse ter sido levado por seres de outro mundo para dentro de uma nave. Essas entidades extraterrestres fizeram-lhe uma espécie de exame físico e até atividade sexual.

 Seu caso gerou muito barulho e ganhou credibilidade após ele aceitar passar por sessões de hipnose e conseguir dar ainda mais detalhes sobre a experiência. Ele foi a única testemunha do caso.

 De acordo com médicos, depois de um tempo António possuía manchas negras no corpo, o que seria resultado de exposição à radiação. No final da década de 70, ele chegou a dar uma entrevista ao apresentador Flávio Cavalcanti sobre o caso:



 


Luzes misteriosas no céu provocam alarmismo no Havaí








Sem comentários:

Publicar um comentário