quinta-feira, 26 de novembro de 2020

Médico russo conta o que pode acontecer após vacinação para a COVID-19

É possível um infeção com coronavírus logo após vacinação, no entanto, a doença desenvolver-se-á de uma forma leve e sem complicações, contou o diretor científico do Instituto Central de Epidemiologia da Rússia Aleksandr Gorelov.

 "As pessoas que receberam a vacina podem ficar infetadas, mas terão a doença de maneira diferente, tal como em qualquer outra vacinação. Não existe uma proteção absoluta, mas a infeção dos vacinados decorre de maneira mais leve e sem complicações. É o fator principal", comentou ele, citado pela Sputnik.


Vacina
Photo//Pulmonale

Como poderá funcionar uma vacina COVID-19 na realidade


Um paciente vacinado não terá nenhumas complicações como pneumonia, danos no coração, nos rins ou reação retardada. Além do mais, após vacinação deve se continuar usando máscaras, porque elas reduzem consideravelmente o risco de infeção, adicionou o diretor.



"O principal fator de infeção é o não cumprimento do distanciamento social. Se alguém receber uma dose grande do vírus, qualquer que seja a imunidade pode não conseguir aguentar, por isso, as máscaras [...] são necessárias sem dúvida nenhuma, para proteção própria e das pessoas a volta", contou o epidemiologista.

Anteriormente, a Sputnik informou que a Organização Mundial da Saúde contou sobre as prováveis cadeias de transmissão da COVID-19 ao ser humano.


Vacina russa Sputnik V com eficácia de 92% na 3ª fase dos testes clínicos


Referencia//SputnikNews



Sem comentários:

Publicar um comentário