segunda-feira, 31 de agosto de 2020

Subida do nível do mar, o pior cenário de mudança climática


Os mantos de gelo na Gronelândia e na Antártica, cujas taxas de derretimento estão aumentando rapidamente, fizeram subir o nível do mar, em todo planeta, em 1,8 cm desde os anos 1990 e estão de acordo com os piores cenários de aquecimento climático do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas.
De acordo com um novo estudo da Universidade de Leeds e do Instituto Meteorológico Dinamarquês, se essas taxas continuarem, o derreter dos mantos de gelo devem elevar o nível do mar em mais 17 cm e expor mais 16 milhões de pessoas a inundações costeiras anuais até o final do século.


Subida-do-nivel.do-mar
Photo//Tempo.pt


Aumento do nível do mar pode sofrer aceleração




Os resultados foram publicados hoje num estudo na revista Nature Climate Change . Ele compara os resultados mais recentes de pesquisas de satélite do Exercício de Intercomparação de Balanço de Massa do Manto de Gelo (IMBIE) com cálculos de modelos climáticos. Os autores alertam que os mantos de gelo estão perdendo gelo a uma taxa prevista pelos cenários de aquecimento climático do pior caso no último grande relatório do IPCC.



A Dra. Anna Hogg, coautora do estudo e investigadora do clima na Escola da Terra e Meio Ambiente de Leeds, disse: "Se as perdas das camadas de gelo continuarem rastreando nossos piores cenários de aquecimento climático, devemos esperar um aumento adicional de 17 cm no nível do mar devido apenas ao derreter dos mantos de gelo. Isso é o suficiente para dobrar a frequência de enchentes de tempestade em muitas das maiores cidades costeiras do mundo”.
Até agora, o nível do mar aumentou em grande parte por meio de um mecanismo chamado expansão térmica, o que significa que o volume da água do mar se expande à medida que fica mais quente. Mas nos últimos cinco anos, o derretimento das camadas de gelo e das geleiras das montanhas superou o aquecimento global como a principal causa do aumento do nível do mar.


A Gronelândia perdeu 586 biliões de toneladas de gelo em 2019


A Dra. Ruth Mottram, coautora do estudo e investigadora do clima no Instituto Meteorológico Dinamarquês, disse: "Não são apenas a Antártica e a Gronelândia que estão causando o aumento do nível do mar. Nos últimos anos, milhares de geleiras menores começaram a derreter ou desaparecer completament , como vimos com a geleira Ok na Islândia, que foi declarada "morta" em 2014. Isso significa que o derretimento do gelo agora é o principal responsável pelo aumento do nível do mar. "


Mudanças climáticas podem extinguir 60% das espécies de peixes





Referencia//ScienceDaily



Sem comentários:

Publicar um comentário