quarta-feira, 15 de julho de 2020

Descoberto porque os doentes de Covid-19 têm níveis de gravidade tão diferentes


Uma grande equipa de cientistas de diversas instituições francesas descobriu o que pensam ser a razão de haver doentes graves com Covid-19. 
O trabalho, publicado na importante revista científica Science, descreve a conclusão a que chegaram, ao estudar 50 pacientes graves com Covid-19 na França.



Covid-19
Photo//Saudemais

Oms alerta que alguns países poderão voltar a fechar devido ao aumento de casos de covid-19


O grande mistério envolvendo os graus de severidade da doença sempre intrigaram a comunidade médica. Enquanto alguns pacientes ficam assintomáticos ou exibem apenas este único sintoma, outros perdem a capacidade de respirar. Descobrir a causa das diferentes reações pode levar a tratamentos mais eficazes naqueles que têm sintomas graves, de acordo com o Medical XPress.
A equipa estudou 50 pacientes com níveis variados de sintomas de Covid-19 nos hospitais da França, desde aqueles apenas com tosse fraca até os que necessitaram de respirador artificial para sobreviver.




Ao investigar as células imunes, os tecidos, o sangue, entre outras amostras variadas recolhidas dos voluntários, os cientistas encontraram o que parece ser uma assinatura para pacientes com infeção grave. Uma combinação entre deficiência na resposta ao interferon e excesso de inflamação. Essa assinatura pode ser uma marca registada para os pacientes mais severamente afetados pela Covid-19. A revelação pode levar a tratamentos que melhorem a resposta do interferon e a redução da inflamação nas infeções, indicam os autores da pesquisa.

Cientistas criaram um filtro de ar quase 100% eficaz contra o novo coronavírus

Os cientistas desvendaram que a resposta deficiente dos interferons tipo I ocorre nos pacientes que ficam mais severamente doentes. O Interferon tipo I é uma proteína necessária ao sistema imunitário no combate a infeções. Estes pacientes também tinham sinais pró-inflamatórios com níveis muito altos. Ambos fatores acabam tornando os pacientes incapazes de combater no combate a infeção. A pesquisa tem base em princípios descobertos anteriormente sobre o papel do interferon no combate e avanço do Covid-19.



China diz haver nova doença ainda mais mortal que o covid-19


Referencia//Hypescience


Sem comentários:

Publicar um comentário