sexta-feira, 15 de maio de 2020

Os cientistas têm uma nova e promissora ideia para derrotar o SARS-CoV-2

Na sua luta para encontrar novos tratamentos para a COVID-19, os cientistas estão investigando como o coronavírus altera as células humanas quando as infecta e as sequestra.
Os virologistas do hospital da Universidade de Frankfurt cultivam células do SARS-CoV-2 desde fevereiro, aprendendo o máximo possível sobre como isso os afeta, de acordo com um comunicado de imprensa da Goethe University Frankfurt . Agora, eles identificaram vários compostos, disponíveis em alguns medicamentos já existentes, incluindo o medicamento para câncer que inibe o metabolismo WP1122,  que parecem impedir que o coronavírus se reproduza dentro de um hospedeiro.


Laboratório
Photo//Lusa

A Covid-19 não é apenas uma doença respiratória



As descobertas da equipe foram publicadas quinta-feira (14 de Maio) na revista Nature. Com isso, as empresas farmacêuticas já estão lançando ensaios clínicos numa tentativa de desenvolver novos produtos farmacêuticos que poderiam bloquear o vírus mortal.
Alguns vírus forçam as células a dedicar todos os seus recursos à produção de cópias do vírus, mas os virologistas descobriram que o SARS-CoV-2 adota uma abordagem menos extrema. Em vez de assumir toda a produção de proteínas dentro da célula, aumenta a quantidade de proteínas que a célula sintetiza e ajuda a obter o excedente.


Como resultado, a equipe descobriu que eles poderiam interromper a reprodução viral retirando os componentes básicos das proteínas e encontrou vários compostos que fazem isso.
"O uso bem-sucedido de substâncias que são componentes de medicamentos já aprovados para combater o SARS-CoV-2 é uma grande oportunidade na luta contra o vírus", afirmou o principal autor e virologista de Frankfurt, Jindrich Cinatl. “Essas substâncias já estão bem caracterizadas e sabemos como são toleradas pelos pacientes. É por isso que existe atualmente uma pesquisa global para esses tipos de substâncias. Na corrida contra o tempo, nosso trabalho agora pode dar uma contribuição importante sobre quais direções prometem o sucesso mais rápido



Encontrado outro vírus em morcegos intimamente relacionado à SARS-CoV-2


Referencia//Futurism



Sem comentários:

Publicar um comentário