segunda-feira, 27 de abril de 2020

Asteroide Apollo "potencialmente perigoso" passar é perto da Terra em maio


Os asteroides da categoria Apollo são mais perigosos, pois cruzam a órbita do nosso planeta com a deles, levando o sistema de rastreamento da NASA a monitorizar de perto as suas trajetórias.
Um asteroide de grandes dimensões, desloca-se em direção ao nosso planeta e passará particularmente perto a 7 de maio, revelou o Centro de Estudos de Objetos Perto da Terra da NASA no seu site.



Asteroide
Photo//CC0 / urikyo33 

Caçador de OVNIs deteta 'objeto alienígena' e acusa a NASA de bloquear o vídeo



O asteroide, batizado de 2009 XO, ou 438908, e de acordo com as estimativas da agência, a julgar pela maneira como reflete a luz, pode ter no máximo 210 metros de diâmetro.
2009 XO é designado como um objeto "potencialmente perigoso" pela NASA, pois pertence à classe de asteroides Apollo, o que significa que sua órbita cruza o caminho com a órbita do nosso planeta. O asteroide estará se movendo a uma velocidade de 12,7 quilómetros por segundo. Não se espera que se aproxime mais do que 0,02268 unidades astronómicas ou 3.393.570 quilómetros do nosso planeta no dia 7 de maio, mas isso ainda é considerado "próximo" e "potencialmente" perigoso pela NASA. 
A rocha orbita o sol a cada 926 dias, mas apenas se aproxima a uma distância de 127,5 milhões de quilómetros.

Os asteroides Apollo costumam passar a maior parte de sua vida útil fora da órbita do planeta, ao contrário dos asteroides Aten, e alguns deles são cuidadosamente monitorizados pela NASA devido ao seu status "potencialmente perigoso" e também devido aos danos regionais significativos que podem causar numa o eventual colisão. 


Exoplaneta recém-descoberto pode ser a próxima Terra, segundo a NASA


Referencia//SputnikNews




Sem comentários:

Publicar um comentário