quinta-feira, 26 de março de 2020

O Antonov AN-225, maior avião do mundo volta a voar


O enorme avião de carga Antonov AN-225 volta a voar depois de um longo período sem atividade.
Os entusiastas da aviação ficarão encantados ao saber que o maior avião de carga do mundo está de volta. O Antonov AN-225 foi rastreado pelo Flightradar24 na quarta-feira, quando saiu da sua base no aeroporto Antonov em Kiev, na Ucrânia.
Depois de 18 meses em terra, o AN-225 descolou e sobrevoou varias áreas rurais por duas horas, antes de voltar a aterrar.

A aeronave de seis motores, tem uma envergadura de 290 pés e capacidade de 272 toneladas de carga, docemente batiada de " Mriya ", sonho em ucraniano, foi construída no final dos anos 80 decolou do aeroporto de Antonov para um voo de teste inicial de duas horas, provavelmente o primeiro de muitos nas próximas semanas.
O Antonov AN-225 está retomando os serviços regulares de carga, desde que estes voos de teste funcionem sem problemas.



Flightradar
Imagem Flightradar

É um avião famoso por muitas razões, uma das quais é sua extraordinária capacidade de tonelagem. É a aeronave mais pesada do mundo, além de ter a maior envergadura de qualquer aeronave em operação. Isso permite a capacidade de transportar cargas enormes por longas distâncias, algo crucial para o socorro e emergências.
Até agora, seu recorde foi o transporte de um gerador com 213 toneladas. O seu peso máximo de decolagem de 635 toneladas. Seu compartimento de carga pressurizado oferece 1302 metros cúbicos de espaço.



Dada a atual situação mundial, com o setor de aviação sendo um dos mais atingidos em meio ao surto de COVID-19, isso pode ser um pouco de esperança para os entusiastas da aviação.
O "irmão" mais pequeno do Antonov AN-225, o AN-124, está sendo utilizado em entregas de equipamentos médicos urgentes da China para a Europa.
 O plano da Antonov Company é também utilizar o AN-225 para transportar equipamentos médicos importantes para todo o mundo, para ajudar durante a crise do coronavírus.


Fonte//Interesting Engineering



Sem comentários:

Publicar um comentário