sexta-feira, 6 de março de 2020

Elon Musk diz no Twitter que o pânico do coronavírus é 'burro'

O CEO da Tesla e da SpaceX, Elon Musk disse que o pânico em relação ao coronavírus é "burro", contrastando claramente com uma reação de Bill Gates tornada publica em fevereiro.
Na sexta-feira, Elon Musk fez uma declaração no Twitter, expressando seu sentimento de que o pânico do coronavírus é um panico "burro".


elon-musk


Cientistas rejeitam alegações de que o coronavírus fosse criado em laboratório



Este é o primeiro comentário de Elon Musk sobre o coronavírus, que já infetou mais de 100.000 em todo o mundo e deixou milhares de mortos. O tweet tornou-se viral imediatamente, com mais de 10.000 likes em dez minutos.
Embora seja breve, Elon Musk não é foi primeiro grande CEO de tecnologia a falar sobre o novo coronavírus. Bill Gates escreveu um artigo no final de fevereiro, chamado "Como responder ao COVID-19", referindo-se ao nome científico da doença causada pelo vírus.
Nele, ele argumenta que o coronavírus oferece aos líderes mundiais a oportunidade de ajudar os países pobres e vulneráveis ​​da África e do sul da Ásia a se prepararem antes que o coronavírus atinja um nível potencialmente sem precedentes de crise mundial.

No entanto, Musk e o co-fundador da Microsoft Bill Gates começaram as divergências no Twitter quando Musk chamou Bill Gates de "nada assombroso" por comprar um Porsche, em vez de um Tesla, num tweet .
O surto de coronavírus está afetando a todos, mas, Musk pode ate estar certo, mesmo quando há algo para entrar em pânico. É fácil para os seres humanos tornarem-se menos conscientes das ameaças reais, por estarem ofuscadas pelo pânico.
Outras ameaças podem estar visíveis mas não receberem atenção.
Alem disso existem outras causas de morte, que por dia, matam mais pessoas que o coronavírus, e para tal parece não haver preocupação maior e pânico.


China anunciou um aumento de mortes e infeções do coronavirus



Referencia//InterestingEngineering



Sem comentários:

Publicar um comentário