domingo, 16 de fevereiro de 2020

Nova maneira de armazenar energia limpa

A startup suíça "Energy Vault" quer superar as limitações das baterias de íon-lítio armazenando energia verde eólica e solar, empilhando enormes torres compostas de tijolos de 35 toneladas.
Em agosto, a startup conseguiu US $ 110 milhões do Vision Fund da SoftBank. A empresa já construiu uma torre de demonstração com 120 metros e planeia construir guindastes de até 150 metros de altura.



Photo //wsj.

Os países do Golfo poderão ficar sem dinheiro antes de ficar sem petróleo


Torres de tijolos

O conceito baseia-se apenas da gravidade.
Um guindaste pré-programado em cima de uma enorme torre levanta e empilha tijolos colossais, usando excesso de energia das centrais eólicas e solares. Quando a procura excede a produção de eletricidade, o guindaste inverte o processo, recuperando energia retirando os tijolos da torre e o seu movimento descendente produz energia.
Apenas 20 guindastes poderiam fornecer energia suficiente para 40.000 famílias durante um período de 24 horas.

O que sobe tem que descer

As baterias de íons de lítio dependem de metais de terras raras, cuja extração necessita de imensos consumo de combustíveis fosseis, gerando consequentemente problemas ambientais e humanitários, e tendem a perder sua capacidade ao longo do tempo.
O conceito é semelhante aos sistemas “hidrelétricos bombeados”, que usam água em vez de tijolos pesados ​​e uma colina em vez de uma torre, e existem há pelo menos um século .


Empresa minerará hidrogénio verde com incêndios subterrâneos


O que é a energia eólica Offshore?

Referencia//The Wall Street Journal


Sem comentários:

Publicar um comentário